ColunistaFórmula 1Post

Russell, Norris e Ocon recebem punições para GP do México por troca de peças

Com a aproximação do final da temporada e um circuito muito exigente, outros pilotos passaram por trocas de motor

Conforme a temporada vai chegando ao final, novas punições estão ocorrendo por todo o grid. Lando Norris, Esteban Ocon e George Russell vão estar ao lado de Lance Stroll e Yuki Tsunoda em função das alterações que foram realizadas em seus carros.

George Russell enfrentou problemas com o câmbio ao chegar no México, o piloto perdeu parte do TL2 realizado na sexta-feira. A Williams tentou recuperar a peça para que o inglês não sofresse uma punição, mas não deu certo e desta forma, com a substituição, Russell perde cinco posições no grid de largada.

LEIA MAIS: Stroll e Tsunoda passam por troca de motor para o GP do México

O britânico terminou o GP dos Estados Unidos e como a troca foi realizada antes de seis eventos com a peça, a punição da perda de cinco posições no grid foi aplicada.

Enquanto Lando Norris e Esteban Ocon vão cumprir punições no grid por trocas realizadas no motor. O britânico da McLaren está excedendo o uso do motor de combustão interna (ICE), a mesma troca que Lewis Hamilton e Valtteri Bottas sofreram na Mercedes.

A McLaren também realizou a troca do turbocompressor e MGU-H, confirmando a troca nesta tarde.

Enquanto Esteban Ocon da Alpine, também vai começar a prova da parte posterior do grid, no entanto, o carro do francês passou por uma troca completa da unidade de potência, incluindo: ICE, MGU-H, MGU-K, turbocompressor, central eletrônica, armazenador de energia (ES) e escapamento.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados