ColunistaFórmula 1Post

TL1 Itália: Com bom desempenho com os pneus médios, Hamilton sobra na liderança com 0s4

Na batalha pela ponta, Hamilton lidera atividade, trabalhando com os pneus médios, superando Verstappen que estava com os pneus macios

A sexta-feira (10) será bem agitada na Fórmula 1, os pilotos realizaram o TL1 nesta manhã, mas já estão focados na classificação que será disputada nesta tarde. Em Monza a categoria está testando pela segunda vez a Sprint Qualifying.

Lewis Hamilton fechou a atividade na primeira posição com 1m20s926, o piloto trabalhou com os pneus médios. Max Verstappen e seu rival se alternaram na liderança da sessão, mas o holandês ficou separado por 0s452 mesmo usando os pneus macios.

Valtteri Bottas fechou a sessão com a terceira posição, acompanhado por Lance Stroll, Pierre Gasly e Sebastian Vettel, times que estão duelando diretamente com a Alpine pela quinta posição do Campeonato de Construtores.

A Ferrari chamou a atenção durante a atividade pois esteve entre os dez primeiros, Carlos Sainz ficou com a sétima posição, enquanto Charles Leclerc foi o décimo primeiro.

Fernando Alonso foi empurrado para o oitavo lugar, enquanto, Daniel Ricciardo era o quinto e Sergio Pérez que passou parte da atividade na ponta, ficou com o décimo lugar.

A Fórmula 1 retorna às 13h (pelo horário de Brasília) para a realização da classificação.

Saiba como foi o TL1 para o GP da Itália

Com o início da sessão, a temperatura na pista estava na casa dos 40°C, com 27°C no ambiente.

Assim que a atividade começou, os pilotos foram para a pista, alinhando na saída para o pit-lane para logo começar a dar voltas cronometradas. Grande parte do grid começou a avaliação com os pneus duros, mas Hamilton, Pérez, Bottas e a dupla da Haas, estavam usando os pneus médios.

Hamilton assumiu a liderança da sessão com 1m23s634, enquanto Pérez tinha 1m24s270, ocupando o segundo lugar.

Os times preparavam os carros para a classificação que ocorre depois do TL1, justamente por estarmos em um fim de semana com a configuração da Sprint Qualifying. Alguns pilotos extravasavam os limites de pista pois eles estavam forçando os carros desde o início.

Com cerca de dez minutos de atividade, Hamilton seguia na liderança com 1m22s262, depois que Pérez foi ultrapassado pelo inglês que anotou 1m23s191. Enquanto Valtteri Bottas tinha 1m23s612. A dupla da Aston Martin levou um pouco mais de tempo para ser liberada para o circuito.

A Fórmula 1 mostrou mais uma vez aquela câmera com a visão do piloto, mas agora ela estava instalada no capacete de George Russell. 

Os pilotos conservavam os jogos de pneus macios, principalmente por ser os compostos que eles vão usar exclusivamente na próxima sessão, mas também deixavam ele para usar no final da atividade, já deixando os carros preparados para a classificação. Enquanto, durante a Sprint Qualifying e a prova do domingo, os times estão liberados para trabalhar com quaisquer pneus.

A Alpine já estava verificando a durabilidade dos pneus duros, Ocon tinha feito 11 voltas, enquanto Alonso tinha registrado 10 com aquele composto. Depois de 20 minutos de atividade os dez primeiros eram: Hamilton, Pérez, Verstappen, Vettel, Bottas, Gasly, Ocon, Alonso, Leclerc e Stroll.

Os pilotos realizavam algumas voltas, mas tinham que passar pelos boxes para fazer algumas verificações. Quando Pérez retornou para o circuito o mexicano liderou a atividade mais uma vez com 1m22s127, enquanto Verstappen que tinha trocado os pneus duros pelos médios era o terceiro colocado com 1m22s571 em suas primeiras voltas.

Com meia hora de atividade, os dez primeiros eram: Pérez, Hamilton, Gasly, Ricciardo, Verstappen, Giovinazzi, Vettel, Bottas e Stroll. Os pilotos que começaram a atividade com os pneus duros, estavam usando os médios neste momento, desta forma Giovinazzi saltou para a sexta posição com 1m22s957.

A dupla da Haas instalou os pneus macios, mas só tinha superado a dupla da Williams – que neste momento estava nos boxes.

Daniel Ricciardo que estava na sexta posição, saltou para a ponta depois que anotou 1m22s748 com os compostos médios. O desempenho da McLaren e da Ferrari estavam chamando a atenção no circuito, principalmente pela atuação nos setores.

Durante os últimos 20 minutos, alguns pilotos começaram a instalar os pneus macios. Verstappen era o segundo colocado com 1m21s378, depois que instalou os pneus macios, mas ainda com os médios, Hamilton superou Verstappen para ficar com a ponta anotando 1m20s926.

A sessão seguiu desta forma, com os times ainda avaliando os pneus, mas deixando os carros preparados para a classificação. Alonso chamava a atenção mais uma vez pelo desempenho com a Alpine, mas a Aston Martin e a AlphaTauri também estavam duelando por um espaço com os rivais.

Lando Norris tinha superado Verstappen momentaneamente com os pneus médios, enquanto Daniel Ricciardo estava na sexta posição, mas as suas voltas foram deletadas, pois os pilotos extravasaram os limites da curva 11.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados