ColunistaDestaquesPost

Daniel Hemric desencanta em chegada emocionante e ganha título da Xfinity Series

Para vencer pela primeira vez na carreira e conquistar o caneco, piloto da Joe Gibbs derrotou o então campeão Austin Cindric por 30 milésimos de segundo

Para celebrar a vitória e o título, Daniel Hemric se inspirou em Carl Edwards e deu uma cambalhota (Jared C. Tilton/Getty Images)

Nada melhor do que encerrar um incômodo jejum com um troféu de campeão. Daniel Hemric disputou sua 120ª corrida na NASCAR Xfinity Series na decisão da temporada em Phoenix e buscava sua primeira vitória em uma corrida de divisão nacional (somando também as suas passagens pela Truck e pela Cup Series), no fim, o piloto da Joe Gibbs foi para o tudo ou nada e, superou Austin Cindric para, não só ganhar pela primeira vez na carreira, como faturar o título da divisão intermediária.

Hemric foi um dos pilotos dominantes da prova, junto com Cindric (que buscava o bicampeonato), além de John Hunter Nemechek, que pilotava o carro 54, o itinerante da Joe Gibbs. Os outros postulantes ao título, Noah Gragson e AJ Allmendinger, não tinha um ritmo competitivo para ameaçar a briga. Gragson ainda chegou a ameaçar os líderes na parte final, mas acabou dando um toque no muro e perdeu as chances de brigar pelo caneco.

Apesar da corrida estar mais concentrada entre Cindric, Hemric e Nemechek, as várias bandeiras amarelas, sobretudo na parte final, deixavam a disputa embolada. As intervenções do Pace Car ocorreram com tal frequência que a corrida precisou ser decidida na prorrogação.

A vitória e o título da temporada foi decidido por uma diferença de 30 milésimos de segundo (Sean Gardner/Getty Images)

Nas duas voltas finais, Cindric assumiu a dianteira e parecia ter a vantagem sob controle, mas na última curva, Hemric foi para o arrisca-tudo e tocou no carro do adversário. Os dois postulantes cruzaram a linha de chegada enroscados, mas o carro de Hemric estava à frente por míseros 30 milésimos de segundo.

Hemric, que segue na Xfinity Series ano que vem, mas na Kaulig Racing, celebrou bastante a sua conquista e agradeceu o apoio da Joe Gibbs ao longo da temporada. Já Cindric (que substituirá Brad Keselowski no carro 2 da Penske na divisão principal) lamentou a derrota, mas se resignou sabendo que fez tudo que pôde e que a disputa final foi emocionante para o público.

A NASCAR Xfinity Series volta em fevereiro, com prova realizada no superoval de Daytona.

Top-10 da etapa de Phoenix:

1 – Daniel Hemric
2 – Austin Cindric
3 – Harrison Burton
4 – Riley Herbst
5 – Justin Haley
6 – John Hunter Nemechek
7 – Brandon Jones
8 – Brett Moffitt
9 – Justin Allgaier
10 – Sheldon Creed
12  -Noah Gragson
14 – AJ Allmendinger

Mostrar mais

Eduardo Casola

Jornalista formado na Universidade de Sorocaba (Uniso) e apaixonado por esporte a motor desde quando se conhece por gente. Apenas um rapaz que gosta de uma boa corrida e de uma boa história!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados