ColunistaFórmula 1Post

Vettel realiza evento exclusivo de kart para mulheres na Arábia Saudita

Na Arábia Saudita, Vettel organizou um evento de kart para as mulheres e aproveitou o momento para compreender mais sobre as diferenças culturais

A primeira prova na Arábia Saudita da Fórmula 1 chega acompanhada de muitas polêmicas, principalmente por conta do péssimo tratamento que o país dá aos direitos humanos, fora o preconceito contra minorias. Entretanto, Sebastian Vettel, assim como outros pilotos do grid estão aproveitando a visibilidade do fim de semana em Jeddah, para tratar questões importantes. O tetracampeão mundial e hoje piloto da Aston Martin, está se mostrando cada vez mais engajado em causas, sendo um ativista dentro e fora das pistas.

Nesta quinta-feira (02) Sebastian Vettel esteve promoveu um evento de kart apenas com mulheres, aproveitando para remeter ao fato de que apenas em 2018 as mulheres conquistaram o direito de obter licenças para dirigir carros.

“Obviamente, houve diversos questionamentos sobre correr aqui, e eu me perguntei, é a primeira vez na Arábia Saudita. Estava pensando no que poderia fazer, temos tanta atenção e foco em exemplos negativos quando se trata das deficiências de certos países no que diz respeito aos direitos humanos e outras coisas”, disse o alemão.

Os pilotos não podem simplesmente boicotar as corridas mesmo sabendo os diversos problemas que se tem, mas acabam jogando com as armas que tem, a visibilidade é a mais importante, portanto alguns pilotos fazem as suas manifestações.

LEIA O TEXTO DA GAROTA DA F1: Boicote não é a melhor solução!
Sebastian Vettel organizou uma competição de kart na Arábia Saudita com mulheres – Foto: reprodução

“Há tanta atenção aos exemplos negativos quando viemos para alguns países, principalmente quanto a direitos humanos e outras coisas, que acabei tentando fazer algo positivo. Eu realmente tento pensar nos aspectos positivos, então iniciei meu próprio evento de kart hoje sob o nome ‘Race for Women’ (correndo pelas mulheres, em tradução livre), acho que tivemos um grupo de sete a oito mulheres na pista, e criei um bom evento para elas. Estava tentando transmitir algumas das experiências de vida e no caminho certo para fazer algo junto que aumente a confiança delas”, disse o piloto alemão.

Vettel também falou um pouco sobre as diferenças culturais e sobre as mulheres que participaram da bateria de kart, além de reconhecer e compreender que ações assim são necessárias.

“Na Arábia Saudita as mulheres só ganharam a permissão para dirigir em 2017 [com a lei entrando em vigor em 2018], então algumas delas tinham a carteira de motorista, e outras não. Algumas são entusiastas da F1, outras não tinham nenhuma relação com a F1 ou corridas antes de hoje, então foi uma boa mistura de mulheres diferentes e suas origens, e um grande evento, todas estavam felizes e eu fiquei inspirado por suas histórias e positividade sobre as mudanças no país. É verdade que olhando de uma lente ocidental ou europeia, ainda existem muitas coisas que devem ser tratadas, mas também é verdade que algumas coisas estão mudando, e para essas pessoas fazem uma enorme diferença”, concluiu.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados