ColunistaFórmula 1Post

TL3 – Valtteri Bottas encaixa boa volta e lidera sessão movimentada em Nürburgring

Lance Stroll não se sente bem e fica de fora da sessão, provocando uma movimentação do paddock para uma possível substituição

As equipes perderam duas sessões de treinos livres por conta do nevoeiro que envolveu o circuito na sexta-feira, mas nesta manhã os carros conseguiram ir para a pista e realizar parte das suas atividades.

Desta forma as equipes aproveitaram bem o TL3, trabalhando em voltas de simulação de corrida e principalmente buscando a volta ideal para a classificação. Os pilotos trabalharam bem a utilização dos pneus macios, Valtteri Bottas conseguiu encaixar a volta perfeita e ficou com a liderança da atividade, após anotar 1m26s225. Lewis Hamilton conseguiu acompanhar o finlandês e ficou com a segunda posição ao estabelecer 1m26s361.

A dupla da Ferrari surpreendeu, Charles Leclerc conseguiu a terceira posição com 1m26.681, enquanto Sebastian Vettel era quinto colocado. Entre a dupla da equipe italiana era possível ver Max Verstappen, que estava empenhado em conseguiu boas voltas, pois liderou parte da sessão.

Completando o top-10, era possível ver Lando Norris da McLaren na sexta posição, acompanhado por Sergio Pérez da Racing Point e Daniel Ricciardo da Renault. Foi uma grande disputa entre estes três pilotos, além disso, Esteban Ocon que fechou em décimo primeiro, ficou boa parte da atividade entre os dez, estabelecendo boas voltas.

Outro nome forte, ainda que tenha fechado em nono, foi Alexander Albon, na primeira meia hora foi possível ver o tailandês disputando com o companheiro de equipe a liderança da sessão. Pierre Gasly levou a AlphaTauri para o décimo lugar.

Uma surpresa mesmo!

Lance Stroll não participou da atividade pois não estava se sentindo muito bem, a Racing Point passou a avaliar a situação do canadense que pode não participar da classificação. A equipe pode substituir o piloto antes do início da atividade e Nico Hulkenberg pode voltar a disputar uma prova nesta temporada, caso Stroll não esteja apto para participar do restante do fim de semana.

A classificação começa às 10h pelo horário de Brasília e deve ser bem movimentada, pois as equipes vão precisar trabalhar com os dados coletados nesta atividade.

Saiba como foi o Terceiro Treino Livre

Antes dos carros invadirem a pista pela primeira vez neste fim de semana, a pista estava com 13°C de temperatura, enquanto no ambiente fazia 8°C.

Assim que os boxes foram liberados era possível ver a Grosjean, a dupla da Alfa Romeo e McLaren, além de Vettel e Hamilton ocupando o circuito. Grande parte dos pilotos estava utilizando os pneus médios, mas a Racing Point enviou Sergio Pérez com os pneus macios.

Carlos Sainz registrou 1:38.311 e era acompanhado por Grosjean com 1:38.594 e Hamilton com 1:38.597. Os pilotos não realizaram aquela tradicional volta de verificação e retornaram para os boxes, desta vez para aproveitar ao máximo os 60 minutos, todos permaneceram na pista.

Pérez assumiu a liderança com 1:32.337 superando o tempo de Sainz por 0s731. No carro de Max Verstappen era possível ver o flow-vis espalhado em parte da asa dianteira pelo lado direito do carro, a equipe estava realizando alguns testes aerodinâmicos pois tinham uma nova asa instalada. Logo o holandês anotou 1:30.576.

Por conta da grande movimentação na pista, as posições se alternavam rapidamente, Albon saltou para a ponta com 1:30.177, a dupla da Red Bull também utilizava os pneus médios. Ocon que se encontrava entre os três primeiros, estava com os compostos macios instalados.

Lance Stroll não havia deixado os boxes nenhuma vez e desta forma não tinha nenhum tempo aferido, o canadense não estava bem e não participaria da sessão.

Restando 44 minutos para o final, os tempos seguiam despencando, Verstappen anotou 1:28.684, seguido por Ocon que estava separado por 0s228 e Pérez em terceiro com 1:29.075. Albon era o quarto colocado e no programa estabelecido pela Red Bull, a equipe seguia bem no circuito. Kevin Magnussen que ocupava a décima nona posição estava testando os pneus duros. 

Na última curva do circuito, Vettel foi visto rodando ao perder a traseira do carro, mas conseguiu retornar ao circuito sem prejuízos.

Com 20 minutos de atividade concluída, as posições eram: Verstappen, Albon, Ocon, Pérez, Ricciardo, Norris, Sainz, Bottas, Kvyat e Leclerc. Hamilton era o décimo primeiro colocado. Uma breve pausa ocorreu, com alguns pilotos seguindo para os boxes.

Com a conclusão da primeira meia hora, os pilotos retornavam para o circuito com uns pneus macios, assim como lando Norris e Carlos Sainz que estavam entre os dez. Nas últimas posições Latifi, Giovinazzi e Magnussen também tinham os compostos macios instalados.

Ocon assumiu a ponta com 1:27.634, com Carlos Sainz ocupando a segunda posição com 1:27.983. Raikkonen saltou para a quinta posição após anotar 1:28.981, seguido por Grosjean da Haas. Lando Norris conseguiu concluir uma boa volta e assumiu a primeira posição, mesmo cometendo um pequeno erro no final da volta, mas superou o tempo estabelecido por Ocon por 0s003.

Aproveitando as voltas de classificação, os pilotos passaram a utilizar os pneus macios. George Russell era visto rodando na última curva do circuito, mas precisou concluir uma volta antes de retornar para os boxes.

A atenção era voltada para as primeiras posições por conta da Renault e McLaren disputando as quatro primeiras posições, Ricciardo era o primeiro após superar Norris com 1:27.392, com Ocon na terceira posição.

As voltas seguiam e Verstappen voltou para a liderança da sessão com a Red Bull, anotando 1:27.071, a dupla da Mercedes que estava apagada no início da sessão, passou a ocupar as primeiras posições. Na segunda volta rápida com os pneus macios, Bottas superou o tempo do holandês e anotou 1:26.968, enquanto na terceira posição tinha 1:27.189.

Restando catorze minutos para o término das atividades, os dez primeiros eram: Bottas, Verstappen, Hamilton, Ricciardo, Albon, Norris, Ocon, Leclerc, Gasly e Sainz.

Nos últimos dez minutos de atividade, Kevin Magnussen e Romain Grosjean passaram a utilizar novos pneus macios, assim como outros pilotos que optaram por realizar mais algumas voltas rápidas.

Valtteri Bottas encaixou uma volta perfeita e anotou 1:26.225. Pouco depois Nicholas Latifi foi visto rodando ao perder traseira da sua Williams. A volta de Hamilton rápida se Hamilton foi prejudicada e o inglês permanecia na quarta posição.

Charles Leclerc surpreendia ao conseguiu a segunda posição com 1:26.681 e Sebastian Vettel era o quarto colocado com 1:27.038.

A sessão foi bem movimentada com os pilotos virando diversas voltas rápidas e aproveitando o final da sessão para trabalhar nas voltas de classificação. 

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados