ColunistaFórmula 1Post

TL3 Turquia – Max Verstappen segue na ponta, mas a chuva dominou e prejudicou a sessão

A ponta foi disputada pela Red Bull e Ferrari, mas a chuva prejudicou o desenvolvimento da sessão por conta do asfalto escorregadio

Se as atividades de sexta-feira (13) foram complicadas, neste sábado as coisas foram bem piores, a chuva chegou ao circuito da Turquia e começou a lavar a pista, o emborrachamento adquirido no dia anterior foi comprometido, e vale ressaltar que ontem alguns carros foram colocados no circuito para tentar gerar aderência no circuito.

Os pilotos estavam com dificuldade para guiar, o asfalto seguia extremamente escorregadio, os tempos não melhoravam e a umidade complicou ainda mais o desenvolvimento da sessão.

Max Verstappen terminou na liderança com 1:48.485, mas nesta situação é difícil dizer se ele é o favorito, já que as condições são extremas. No entanto, Charles Leclerc conseguiu se manter na segunda posição, seguido por Alexander Albon, nomes que apareceram entre os primeiros colocados no dia anterior.

Esteban Ocon ficou na quarta posição e assim como Leclerc, testou os pneus para chuva extrema, enquanto alguns pilotos ficaram na utilização dos pneus intermediários. Lando Norris apareceu na quinta posição, seguido por Sebastian Vettel e Sergio Pérez que também investiram em algumas voltas com os pneus de faixa azul. Valtteri Bottas encerrou a atividade na oitava posição, com Kevin Magnussen em nono e Lance Stroll em décimo.

A Mercedes apresentava grandes problemas para guiar no circuito, o carro se perdia nas baixas velocidades e assim como os outros pilotos era possível ver eles dosando a aceleração pelo circuito. Mas os carros que têm uma potência menor, pareciam encontrar um desenvolvimento melhor em pouco tempo.

A Fórmula 1 retorna às 9h pelo horário de Brasília para a realização da classificação.

Saiba como foi o Terceiro Treino Livre na Turquia

Após os treinos livres de sexta-feira, por conta da falta de aderência eles acabaram levanto alguns carros para ajudar no emborrachamento da pista. Mas antes do início do TL3 a chuva chegou até o circuito deixando-o úmido.

Antes do início da sessão, a temperatura na pista estava na casa dos 15°C, com 13°C no ambiente.

O pit-lane foi liberado no horário previsto e logo Grosjean, Leclerc e Vettel passaram a ocupar a pista, os pilotos estavam utilizando os pneus intermediários, mas os carros andavam devagar já que o carro balançava um pouco nas freadas e retomadas de pista.

Leclerc foi o primeiro a registrar tempo no circuito, o monegasco tinha 1:50.942, seguido por Vettel com 1:57.172. Aos poucos outros pilotos tinham um primeiro tempo aferido, mas neste momento era mais interessante observar a dificuldade que os pilotos estavam tendo em controlar os seus carros.

Esteban Ocon acabou rodando, mas o piloto foi tocado por Charles Leclerc. Vettel, Norris e Kvyat eram vistos rodando no circuito. O espanhol da McLaren passou a investir nos pneus de chuva extrema, mas a dificuldade para guiar o carro persistia e logo ele retornou para os boxes. 

Restando 45 minutos para o término da sessão, a pista ficou mais vázia e os dez primeiros eram: Verstappen, Leclerc, Albon, Ocon, Norris, Vettel, Pérez, Bottas, Magnussen e Stroll. O tempo do holandês na ponta era 1:48.485 obtidos com os pneus intermediários. 

A chuva começou a apertar mais ainda e a aderência acabava ficando cada vez mais comprometida. Restando 26 minutos para o final da atividade, não tínhamos nenhum carro na pista, Russell, Latifi e Hamilton optaram por não registrar nenhuma volta com tempo no circuito.

https://twitter.com/F1/status/1327552766093484032

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo