ColunistaFórmula EPost

TL3 em Roma: Nick Cassidy é o mais rápido; Sette Câmara, o 4º

Sessão tranquila de treinos deu o tom da manhã nas pistas de Roma

Manhã fria na capital italiana, cerca de 12 graus para começar o segundo dia de atividades. 

Nick Cassidy foi quem começou como o líder da sessão, mas Stoffel Vandoorne logo apareceu com 1:42.661, o piloto da Mercedes havia travado os pneus uma volta antes.

Nyck de Vries também travou os pneus e acabou tendo que cortar a chicane da curva 12.

A chuva apareceu de leve nos primeiros 10 minutos de sessão, a probabilidade de chover era de 70% durante a manhã.

Alex Lynn causou uma rápida bandeira amarela por bater na barreira de proteção da curva 12, o britânico não conseguiu fazer a mesma manobra de Nyck de Vries e acertou o muro de leve, mas conseguiu levar o carro de volta aos boxes. 

https://platform.twitter.com/widgets.js

Edoardo Mortara foi outro que passou reto no mesmo trecho. 

Vinte minutos de treino e o líder era Max Guenther com 1:40.612. A BMW é a última equipe na tabela de construtores com apenas dois pontos. 

Sérgio Sette Câmara subiu para a 3ª posição ao marcar 1:40.808. Ele entrou em investigação logo em seguida por uso de energia além do permitido, o mesmo motivo que lhe rendeu um drive through na corrida de sábado.

O brasileiro revelou após a corrida que seu carro apresentou um pico de energia causado por uma reação do sistema às ondulações da pista. 

Nick Cassidy marcou 1:40.107 e recuperou a liderança da tabela.

A curva 12 foi o grande desafio da sessão de domingo, Antonio Felix da Costa travou as rodas naquele lugar em duas voltas seguidas.

Entrando nos últimos 10 minutos de treino, Pascal Wehrlein teve que desviar rapidamente de Robin Frijns que quase perdeu o controle do seu Virgin. O holandês conseguiu se recuperar e foi ultrapassado pelo alemão da Porsche.

https://platform.twitter.com/widgets.js

A pista ficou mais molhada no fim da sessão aumentando a dificuldade dos pilotos controlarem os carros por causa da baixa aderência. Buemi foi um dos que mais sofreu para manter o carro estável, por diversas vezes ele quase perdeu a traseira do seu Nissan durante suas últimas voltas. 

Fim de treino com bandeira amarela para que todos pudessem praticar a largada sem que nenhum acidente acontecesse como no sábado. Lucas di Grassi terminou o treino na 16ª posição. 

https://platform.twitter.com/widgets.js

 

Mostrar mais

Cinthia Venâncio

Cearense que acompanha Fórmula 1 desde que se entende por gente. Faz aniversário no mesmo dia do Damon Hill.

Deixe uma resposta

Artigos relacionados