ColunistaFórmula 1Post

TL3 Áustria – Mercedes garante dobradinha antes da classificação

Ferrari apresenta melhora, mas Racing Point volta a superar o time italiano

Nesta manhã de sábado foi realizado o último treino livre preparatório para o GP da Áustria e a Mercedes voltou a liderar a sessão. Lewis Hamilton garantiu a primeira posição com 1:04.130, acompanhado por Bottas com 1:04.277, os pilotos investiram em voltas de classificação, pois a definição do grid de largada está marcada para às 10h.

Max Verstappen ocupou a terceira posição, após ficar apagado durante o segundo treino livre, quando a asa dianteira da sua Red Bull quebrou e o piloto precisou retornar à configuração antiga. Sergio Pérez realizou uma sessão não muito surpreendente como a de sexta-feira, mas nos últimos minutos subiu para a quarta posição com 1:04.605. Lance Stroll colocou o outro carro da Racing Point em oitavo.

E foi a vez da Ferrari obter melhores posições, Charles Leclerc superou Sebastian Vettel e foi o quinto colocado, com o alemão em sétimo. Alexander Albon era o sexto colocado com o outro carro da Red Bull.

Completando o pelotão dos dez primeiros, Pierre Gasly encerrou a sessão em nono com o carro da AlphaTauri, enquanto Lando Norris defendeu a McLaren em décimo.

Os carros vão retornar a pista às 10h pelo horário de Brasília, para a realização da sessão classificatória.

Saiba como foi o Terceiro Treino Livre

A temperatura na pista estava na casa dos 41°C, com 22°C no ambiente e sem chance de chuva para a sessão.

 

Lando Norris e Kevin Magnussen foram os primeiros a realizar uma volta de instalação no circuito, os dois pilotos utilizavam os pneus médios. Após 10 minutos de sessão, Carlos Sainz foi o primeiro a registrar volta no circuito, anotando 1:06.307 de pneus médios. O espanhol permaneceu na pista alternando entre voltas rápidas e outras mais lentas e assim anotou 1:06.264 e 1:05.885.

Ocon era o terceiro colocado com 1:05.911, utilizando os pneus macios, assim como Daniel Ricciardo que liderou a sessão rapidamente após anotar 1:05.521. Os tempos começaram a cair à medida que mais pilotos entrevam na pista e davam preferência pelos pneus macios e médios.

Sebastian Vettel saltou para a ponta com 1:05.159, acompanhado por Valtteri Bottas com 1:05.448, Ricciardo passava a ser o terceiro colocado. Horas antes da classificação, os pilotos investiam em voltas mais rápidas se preparando para a próxima sessão.

Restando cerca de 40 minutos para o término, Lewis Hamilton subiu para a primeira posição após anotar 1:05.140 de pneus médios. Neste momento todos os pilotos já haviam aferido tempo na pista.

Nicholas Latifi provocou uma bandeira vermelha ao bater na primeira curva, o piloto perdeu o controle do carro e bateu no muro de contenção. Pouco antes da batida, Sergio Pérez havia passado com a Racing Point pelo trecho e teria derrubado um pouco de óleo no trecho.

 

O tempo seguia em regressiva e com meia hora de sessão já realizada, as dez primeiras posições eram: Hamilton, Vettel, Leclerc, Ricciardo, Bottas, Verstappen, Stroll, Albon, Ocon e Sainz.

 

A pista foi liberada quando restavam 26 minutos para o encerramento da sessão, os pilotos se posicionavam na saída do pit-lane, para deixar a pista bem movimentada. Max Verstappen era o quarto colocado com 1:05.336, Vettel passava para a primeira posição com 1:04.851, mas Leclerc superava o companheiro de equipe ao anotar 1:04.703.

Restando cerca de 17 minutos para o final da sessão, os quatro primeiros colocados utilizavam os pneus macios, Ocon era momentaneamente o terceiro colocado com 1:05.037, posicionado atrás da dupla da Ferrari. A Mercedes vinha para restabelecer a ordem e assim Hamilton anotava 1:04.130, com Bottas em segundo anotando 1:04.277.

Os pilotos investiam ainda mais nas voltas de classificação. Verstappen superou a dupla da Ferrari para ocupar a terceira posição com 1:04.413. Russell subiu para a décima terceira posição com 1:05.894.

Próximo do final da sessão, Pérez subiu para a quarta posição com 1:04.605. Hamilton garantiu a liderança da sessão, acompanhado por Bottas e Verstappen.

 

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados