ColunistaFórmula 1Post

TL2 Hungria – Em sessão com chuva, Sebastian Vettel lidera com a Ferrari

Apenas 13 pilotos registraram tempo e a pista ficou por bastante tempo vazia

Foto: Ferrari Media

Nesta sexta-feira (17) foi realizado a segunda sessão de treinos livres do GP da Hungria, por conta da chuva poucos pilotos se arriscaram na pista e sete deles não completaram uma volta no circuito.

A chuva deve ser uma constante neste final de semana, mas com poucos jogos disponíveis para chuva extrema e intermediária, os pilotos deram poucas voltas. As condições adversas ajudaram a Ferrari de Sebastian Vettel que anotou 1:40.464 e passou a ocupar a primeira posição, acompanhado por Valtteri Bottas com 1:40.736, sendo o único piloto da Mercedes a dar alguns giros com a pista molhada.

Carlos Sainz ocupou a terceira posição com 1:41:784, seguido pela dupla da Racing Point, com Lance Stroll e Sergio Pérez, que foram os primeiros pilotos a buscar voltas rápidas na sessão.

Após enfrentar problemas na manhã com a unidade de potência, o francês deu algumas voltas na pista para ver se o carro estava ok. Max Verstappen que ocupou a sétima posição só apareceu no final da atividade.

Romain Grosjean foi o oitavo, seguido por Kimi Raikkonen e Antonio Giovinazzi. Lando Norris fechou em décimo segundo, com Daniil Kvyat em décimo terceiro, os únicos pilotos que tiveram tempo aferido na sessão.

A Fórmula 1 retorna neste sábado (18), para a realização do terceiro treino livre e classificação.

Saiba como foi o segundo Treino Livre

Na pista a temperatura estava 20°C, com 16°C no ambiente. O final da classificação da Fórmula 3 foi cancelado, mas quando as atividades da F1 começaram a chuva havia reduzido.

Kimi Raikkonen voltou ao carro, após Robert Kubica ter realizado a primeira atividade.

Pierre Gasly que não conseguiu participar do TL1, pois enfrentou um problema com a unidade de potência. O francês foi o primeiro a ir para a pista, realizando uma volta de verificação.

Com quase meia hora de sessão realizada, Sergio Pérez foi buscar uma volta no circuito, mas mostrava que estava difícil de guiar, mesmo assim o mexicano anotou 1:43.862. Pouco depois ele melhorou para 1:42.470, mas acabou errado e extravasou os limites de pista.

Stroll passou para a primeira posição após melhorar o tempo para 1:42.380, com Raikkonen na terceira posição com 1:49.193 e depois melhorou para 1:47.769.  

Como a pista estava escorregadia poucos pilotos deram voltas rápidas.

Restando pouco mais de 40 minutos para o término da sessão Esteban Ocon experimentou os pneus intermediários, mas não chegou a completar uma volta e retornou logo aos boxes.

Próximo da última meia hora, Sebastian Vettel passou a ocupar a terceira posição com 1:44.912, acompanhado por Charles Leclerc.

Quando os pilotos entraram na última meia hora, as posições eram: Vettel, Stroll, Pérez, Leclerc, Norris, Giovinazzi, Kvyat, Grosjean e Raikkonen. Apenas nove pilotos tinham tempo aferido na pista.

Bottas registrou a sua primeira volta na pista, assumindo a segunda posição com 1:40.736, para logo depois Carlos Sainz anotar 1:41.784 de pneus intermediários. Os pilotos testavam os compostos de chuva, a Ferrari investia nos pneus de faixa verde, Vettel seguia na liderança melhorando para 1:40.464.

Era possível ver os pilotos perdendo a traseira, pois o carro não tracionava bem. A Red Bull marcou tempo apenas no final da sessão quando registrou 1:42.820 e assumiu a sétima posição.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados