ColunistaFórmula 1Post

TL1 Inglaterra – Max Verstappen supera Lewis Hamilton e lidera sessão

As equipes se dedicaram a realização de testes aerodinâmicos em Silverstone nesta manhã

A sexta-feira (31) começou agitada, a Racing Point confirmou Nico Hulkenberg para disputar as duas etapas na Inglaterra, o piloto vai substituir Sergio Pérez que contraiu o Covid-19.

Com o término da primeira atividade, foi possível ver Max Verstappen na liderança, o holandês trocou os compostos duros pelos macios e anotou 1:27.422 com o carro da Red Bull, Alexander Albon ficou com a quarta posição.

A Mercedes demorou para liberar os seus pilotos, mas Lewis Hamilton passou a imprimir um ritmo forte e ocupou a segunda posição com 1:27.896. O inglês recebeu um novo MGU-K para a prova na Inglaterra, a equipe Mercedes está tentando evitar problemas em casa.

Lance Stroll ficou com a terceira posição, enquanto Charles Leclerc foi o quinto colocado. Sebastian Vettel não participou da sessão, a equipe identificou um problema no intercooler e o carro ficou parado por todo o TL1.

Valtteri Bottas ocupou a sexta posição ao ter o tempo superado. A dupla da Renault ficou com o sétimo e oitavo lugar, seguido por Nico Hulkenberg com a Racing Point e Daniil Kvyat da AlphaTauri.

Nesta sessão as equipes realizaram diversos testes aerodinâmicos, utilizando grades de aferição ou o flow-vis, para coletar dados.

Vale ressaltar o calor Europeu se mostra intenso, na pista a temperatura passou dos 40°C.

A Fórmula 1 retorna às 11h pelo horário de Brasília para a realização do TL2.

lll Saiba como foi o Primeiro Treino Livre em Silverstone

Nico Hulkenberg foi confirmado pela Racing Point no início da sessão, a equipe estava aguardando o resultado negativo do teste do alemão para dar início as atividades. A expectativa começou no início da tarde de quinta-feira, quando Pérez foi diagnosticado com Covid-19.

Assim que a pista foi liberada, os pilotos passaram a realizar algumas voltas de instalação, em seus carros era possível ver grades de aferição aerodinâmica, além do flow-vis espalhado pelo carro.

Na pista a temperatura estava na casa dos 40°C, com 30°C no ambiente.

Após quinze minutos de sessão, Kimi Raikkonen registou o primeiro tempo, 1:32.661 utilizando os pneus duros. Pouco depois o tempo do finlandês caiu pouco mais de um segundo e logo depois Lando Norris passou a ocupar a primeira posição com 1:30.035, utilizando os compostos médios.

Próximo da conclusão da primeira meia hora de atividades, as coisas não se mostravam fáceis para a Alfa Romeo, Raikkonen e Giovinazzi rodaram ao perder a traseira do carro. O jogo de pneus utilizados pelo italiano, ficaram completamente danificados.

Com meia hora uma bandeira vermelha foi acionada, interrompendo as atividades na pista, ela foi provocada pela escapada dos carros da Alfa que espalharam diversos detritos na pista.

Antes da retomada da sessão, as posições eram: Verstappen, Norris, Ocon, Ricciardo, Gasly, Raikkonen, Leclerc, Kvyat, Russell, Giovinazzi, Latifi, Grosjean e Magnussen.

Após nove minutos de paralização, as atividades retornaram e Stroll liderava a saída dos boxes. Sebastian Vettel ficou fora da primeira atividade, a Ferrari identificou um problema no sistema do intercooler e o carro precisou ficar parado nos boxes para uma verificação.

A Mercedes liberou os pilotos para a pista, Bottas assumiu a primeira posição com 1:28.869, Hamilton era o quarto colocado com 1:29.155. A equipe alemã informava a troca do MGU-K do carro do inglês como precaução, mas este era o segundo da temporada.

Lance Stroll era visto na segunda posição com 1:28.879, o canadense e o finlandês estavam utilizando os pneus macios.

Não demorou muito para Hamilton assumir o controle do TL1, o inglês anotou 1:28.343 e utilizava os pneus macios. Hulkenberg passou a ocupar a oitava posição com 1:29.600.

Os carros da Haas estavam à frente da dupla da Ferrari, Grosjean havia assumido a segunda posição com 1:29.576, enquanto Magnussen estava em décimo segundo com 1:29.781. Leclerc era o décimo quarto.

Com a conclusão da última meia hora, os dez primeiros eram: Hamilton, Bottas, Verstappen, Stroll, Ocon, Noris, Ricciardo, Magnussen, Grosjean e Hulkenberg. Verstappen abandonou os pneus duros e passou a utilizar os macios, desta forma o holandês assumiu a primeira posição com 1:27.422.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados