ColunistaFórmula 1Post

TL1 Bahrein – Início acirrado entre Mercedes e Red Bull, com Verstappen fechando na liderança

Mercedes e Red Bull tem um começo forte, mas McLaren surpreende realizando um bom trabalho, enquanto Alpine fica nas últimas posições

Nesta sexta-feira (26) a Fórmula 1 retomou as suas atividades, o primeiro treino livre realizado em uma hora – por conta do novo formato – chamou a atenção. A sessão foi bem disputada com os pilotos e equipes tentando aproveitar o máximo de tempo da atividade.

O dia começou com um embate entre Red Bull e Mercedes, mas a atividade se encerrou da mesma forma. Max Vestappen conseguiu superar o tempo estabelecido por Valtteri Bottas e anotou 1m31s394, separado por 0s298.

A McLaren também apareceu nesta briga pela disputa da liderança, com Lando Norris ocupando a terceira posição. O desempenho da Ferrari acabou chamando a atenção, a nova dupla do time italiano fechou a atividade entre os dez primeiros – com Charles Leclerc em quinto e Carlos Sainz em oitavo – em uma pista onde o motor é muito exigido foi um ótimo começo. Além disso vale dizer que a dupla da Alfa Romeo ficou com o décimo e o décimo primeiro lugar, com Antonio Giovinazzi e Kimi Raikkonen ocupando estas posições respectivamente.

Era esperado um pouco mais da Alpine, mas a equipe ficou bem abaixo da tabela, Esteban Ocon foi apenas o décimo quinto colocado, acompanhado por Fernando Alonso em décimo sexto.

Estas posições ainda não representam o desempenho real da classificação e da corrida, mas é claro que a força da Red Bull e Mercedes é bem surpreendente, assim como o desempenho que foi demonstrado pela McLaren. No entanto ainda fica o questionamento sobre Aston Martin e Alpine.

Saiba como foi o Primeiro Treino Livre do Bahrein

A Alpine com Fernando Alonso foi a primeira a deixar os boxes o piloto tinha os pneus duros instalados em seu carro. Uma fila se formava no pit lane, então rapidamente os carros se encaminharam para a pista realizando uma volta de instalação e verificação.

Mesmo com a atividade de apenas uma hora por conta da alteração que foi realizada para este ano, muitos pilotos retornaram para os boxes depois da primeira volta. Mas foi Alonso que abriu a tabela de tempos com 1m37s354, mas logo o espanhol foi superado pelo companheiro de equipe que anotou 1m36s284 – ambos estavam investindo no composto C2.

Rapidamente os tempos foram melhorando, Pérez assumiu a ponta com 1m33s180 utilizando os pneus macios, superando o tempo dos outros pilotos que estavam completando algumas voltas com os pneus duros. Não demorou muito para Lewis Hamilton superar o piloto da Red Bull anotando 1m35s844 com os pneus macios.

Na pista a temperatura era de 48°C, com 35°C no ambiente.

Com dez minutos de atividade nove pilotos já haviam aferido algum tempo na pista e as posições eram: Hamilton, Pérez, Norris, Gasly, Ricciardo, Russell, Latifi, Ocon e Alonso.

Nicholas Latifi estava reclamando dos freios do carro, o piloto já havia travado os pneus e logo retornou para os boxes.

Ainda não sabemos se a disputa pelo campeonato de construtores será intensa, mas nesta primeira atividade Red Bull e Mercedes estavam se alternando na liderança da sessão, tentando mostrar o melhor desempenho. Os quatro carros estavam equipados com os pneus macios, Max Verstappen assumiu a ponta com 1m32s591, separado de Bottas por 0s0118.

Com vinte minutos de atividade realizada os dez primeiros eram: Hamilton, Verstappen, Bottas, Pérez, Leclerc, Gasly, Norris, Sainz, Vettel e Stroll. O inglês da Mercedes liderava com 1m32s214. A dupla da Ferrari estava imprimindo um ritmo forte utilizando os pneus macios e levou os dois carros do time para os dez primeiros. Lando Norris chamava a atenção pelo sétimo lugar já que estava com os pneus duros.

Os estreantes estavam experimentando a pista e os seus carros, Yuki Tsunoda na AlphaTauri saltou para a nona posição após ocupar o décimo terceiro lugar. Mick Schumacher que estava usando a abreviação ‘MSC’ igual ao pai, o piloto da Haas era o décimo sexto colocado, enquanto Nikita Mazepin ocupava o décimo nono lugar.

Neste grid onde todos já haviam aferido algum tempo, a Alpine estava com os dois carros no final da tabela de tempos, Ocon era o décimo oitavo, enquanto Alonso estava apenas com o vigésimo tempo. Após algumas voltas registradas com os pneus duros eles retornaram para os boxes.

Lewis Hamilton estava brigando para melhorar a sua volta, o piloto conseguiu um bom primeiro setor, mas não melhorou nos outros dois setores e permaneceu com o tempo que ele já havia estabelecido.

Com 26 minutos de atividade Lando Norris que havia abandonado os pneus duros partiu para a utilização dos compostos macios, desta forma o piloto saltou para a primeira posição com 1m31s897. A McLaren nesta temporada está equipada com o motor Mercedes. Enquanto isso Daniel Ricciardo seguia investindo nos pneus duros e era apenas o décimo quinto colocado.

Restando 20 minutos para o encerramento da sessão, os dez primeiros eram: Norris, Hamilton, Ricciardo, Verstappen, Bottas, Pérez, Leclerc, Raikkonen, Vettel e Gasly. O australiano da McLaren instalou os pneus macios e realizou a sua volta rápida (1m32s434) para assumir a terceira posição. Na sétima posição Leclerc melhorou a sua marca para 1m32s904. Fernando Alonso também partiu para a utilização dos pneus macios, mas era apenas o décimo terceiro colocado com 1m33s872.

Se aproximando do final da atividade, a Ferrari deu um salto na tabela de tempos, Leclerc era o segundo colocado. Os pilotos executavam os mais variados testes em pista, desta forma era difícil ainda bater o martelo sobre os desempenhos de cada time.

Valtteri Bottas superou o tempo estabelecido por Lando Norris, roubando desta forma a primeira posição e levou a Mercedes para a liderança com 1m31s692. Lewis Hamilton voltou a ter problemas no terceiro setor e ficou com a terceira posição.

No entanto, a briga com a Red Bull não estava encerrada, e Max Verstappen que também havia instalado novos pneus macios assim como os seus rivais, bateu o tempo estabelecido pela Mercedes de Bottas e encaixou 1m31s394 com o RB16B.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados