Sir Lewis Hamilton, heptacampeão de F1 receberá título de Cavaleiro do Império Britânico

Lewis Hamilton conquistou o sétimo título da F1 em 2020. O piloto recebeu o título de cavaleiro do Império Britânico

Após conquistar o sétimo título mundial na Fórmula 1, Lewis Hamilton será agraciado com o título de Sir (cavaleiro do Império Britânico), concedido pela realeza britânica na tradicional cerimônia de ano novo. Antigamente o título era concedido quando se realizava um feito militar, mas atualmente é considerado como um título de contribuição ao país.

Hamilton conta com 94 vitórias e 98 poles na Fórmula 1, o piloto já quebrou vários recordes e chegou a marca de sete títulos nesta temporada, o mesmo que Michael Schumacher.

Com 35 anos, o jovem que nasceu em Stevenage, se destaca com a sua voz ativa, conscientizando sobre a diversidade, neste ano o piloto criou a Comissão Hamilton para aumentar a diversidade no automobilismo. Hamilton se mostra cada vez mais importante, utilizando o espaço que tem no automobilismo para questionar e buscar mudanças, em 2020 ele apareceu na lista de nomes mais influentes da Time 100, além de ser reconhecido como a ‘Personalidade do Ano’, pela BBC.

Lewis Hamilton foi uma figura importante na luta contra o racismo – Foto: Daimler / Mercedes

Apenas cinco representantes da Fórmula 1 possuem o título de Sir, são eles: os ex-pilotos Jack Brabham, Jackie Stewart e Stirling Moss, além dos fundadores da equipe Williams, Frank Williams e Patrick Head.

Stefano Domenicali, novo CEO da Fórmula 1, comentou sobre o título dado ao piloto inglês: “Lewis é um verdadeiro gigante do nosso esporte e sua influência é enorme dentro e fora de um carro. O que ele alcançou é fenomenal, e mais ainda por vir. Todos nós da Fórmula 1 o parabenizamos por este merecido reconhecimento de suas realizações e esperamos ver mais de seu brilho em 2021. ”

O título já era esperado, pois muitas personalidades estavam cobrando este reconhecimento, mas existia uma parcela de pessoas contra ele, já que Hamilton escolheu outro domicílio fiscal para evitar os impostos e taxas cobrados pelo Reino Unido. 

Sair da versão mobile