ColunistaJaguar I-PACE eTROPHYPost

Simon Evans é o campeão da Jaguar I-PACE eTROPHY

O piloto da Nova Zelândia reduziu a diferença para Sergio Jimenez e conquistou o campeonato com apenas um ponto de diferença

A Jaguar I-PACE eTROPHY encerrou a temporada nesta quinta-feira (13), a categoria viu Simon Evans conquistar o campeonato na última prova que foi disputada em Berlim.

A prova foi bem acirrada e contou com Cacá Bueno largando da pole. O brasileiro dominou a prova, perdendo a liderança apenas no momento que foi buscar o Modo Ataque. Evans se mostrou constante atacando Bueno e ampliando a distância para Jimenez, desta forma o piloto da Nova Zelândia conseguiu cruzar a linha de chegada no segundo lugar e garantir a conquista do campeonato.

Com o encerramento das atividades da categoria, Sergio Jimenez e Simon Evans colocam seus nomes na história do turismo com carros 100% elétricos, pois se tornaram campeões da categoria.

Evans obteve 163 pontos, contra os 162 de Jimenez, Cacá Bueno se firmou na terceira posição com 11 pontos.

Saiba como foi a decisão do campeonato

Cacá Bueno conquistou a pole mais uma vez, acompanhado por Simon Evans e Sergio Jimenez. Os dois pilotos que estavam disputando o título, tinham quatro vitórias cada.

Na largada Evans e Jimenez disputaram a segunda posição, rolou até um toque entre eles, mas o rival do brasileiro levou a melhor e se manteve na posição. Restando pouco mais de 20 minutos, foi a vez de Jimenez ativar o Modo Ataque para tentar se aproximar do neozelandês.

Cacá passou a ser pressionado por Evans, o brasileiro levou um pouco mais de tempo para buscar o Modo Ataque, pois com pouco mais de um segundo separando os dois era inevitável a perda da liderança.

E ao ativar a potência extra, Bueno perdeu a ponta momentaneamente. Restando pouco mais de nove minutos para o fim da prova, era possível ver Jimenez separado por mais de três segundos do segundo colocado, dificultando a sua luta pelo título.

Nos últimos seis minutos Bueno e Jimenez utilizaram o último Modo Ataque disponível para eles. Bueno retornou para a ponta pouco depois e Evans deixou a utilização da sua potência extra para o final da prova.

Bueno cruzou a linha de chegada na primeira posição, mas foi pressionado por Evans até o final, enquanto Jimenez até reduziu um pouco a diferença para o segundo colocado, mas não conseguiu ficar próximo o suficiente para ameaçar a segunda posição.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados