ColunistaIndyPost

Scott Dixon domina as ações e vence a prova do Texas

Em corrida morna, o atual campeão não deu chances aos rivais e faturou a primeira vitória em 2021. Tony Kanaan é o 11º e Pietro Fittipaldi é o 15º

Em terras texanas, Scott Dixon continuou dominante (Joe Skibinski/IndyCar)

Na primeira corrida da rodada dupla do Texas Motor Speedway, Scott Dixon não deu chances para a concorrência e venceu pela primeira vez na temporada 2021 da Fórmula Indy, assumindo a liderança do campeonato.

A prova foi pouco movimentada, com os pilotos tendo dificuldades em tentar ultrapassar devido à instabilidade aerodinâmica dos carros e também à faixa de PJ1 que foi aplicada em parte do asfalto da pista texana para provas da NASCAR, mas que deixou o trecho bem escorregadio e que os pilotos evitavam para não rodar.

Os momentos em que a disputa ficou mais embolada foi quando houve as duas bandeiras amarelas. A primeira na volta 56, quando Sebastién Bourdais foi tocado por trás pelo carro de Josef Newgarden e acabou batendo no muro, em meio ao primeiro ciclo de paradas nos boxes.

O outro acidente foi mais perto do fim da corrida, quando James Hinchcliffe perdeu o controle após ser ultrapassado por Felix Rosenqvist e foi na parte escorregadia e parando no muro.

Na última relargada, Scott McLaughlin conseguiu um bom ritmo de corrida e pressionou o compatriota nas voltas finais, mas a experiência de Dixon não permitiu brechas e o piloto da Ganassi saiu vencedor.

Apesar disso, o segundo lugar de McLaughlin foi celebrado pela Penske, já que esta foi a estreia do neozelandês em circuitos ovais, sendo o melhor piloto da equipe do Capitão na prova do Texas.

Tony Kanaan quase chegou no top-10 na corrida de sábado (Joe Skibinski/IndyCar)

Na primeira participação brasileira na temporada, os pilotos tupiniquins tiveram um desempenho razoável. Tony Kanaan largou no fim do grid e teve um ritmo competitivo, andando perto do top-10 quase toda a prova e terminou na 11ª posição.

A corrida de Pietro Fittipaldi foi discreta e sem sustos (Chris Owens/IndyCar)

Já Pietro Fittipaldi teve um desempenho mais discreto, evitando riscos e escapando de possíveis confusões, levando seu carro até o fim na 15ª colocação.

Classificação da corrida 1 no Texas

Confira aqui

Mostrar mais

Eduardo Casola

Jornalista formado na Universidade de Sorocaba (Uniso) e apaixonado por esporte a motor desde quando se conhece por gente. Apenas um rapaz que gosta de uma boa corrida e de uma boa história!

Leave a Reply

Artigos relacionados