ColunistaFórmula 1Post

Raio-X do GP da Áustria – Verstappen conquista mais uma vitória no Red Bull Ring

De forma dominante Verstappen vence na Áustria, enquanto McLaren conquista terceiro pódio da temporada com Lando Norris

O GP da Áustria marcou a conquista da quinta vitória de Max Verstappen na temporada 2021, além de ser a terceira prova do ano onde Lewis Hamilton não esteve no pódio. Depois desta rodada tripla que ‘encheu a bola’ da Red Bull, vamos passar por uma pausa de quinze dias até o GP da Grã-Bretanha com a estreia da Sprint Qualifying.

Red Bull

Max Verstappen venceu de forma dominante o GP da Áustria – Foto: reprodução Red Bull

A equipe está liderando o campeonato de construtores com 286 pontos, garantindo 44 pontos de respiro para o embate travado com a Mercedes. Nestas três provas que se passaram, o time austríaco confirmou que as atualizações realizadas, fizeram o seu carro ter bastante rendimento e ganhar muito na questão aerodinâmica.

Max Verstappen venceu mais uma vez de forma sólida, obteve o Grand Chelem, pois obteve pole, liderou todas as voltas, venceu e registrou a volta mais rápida. Um segundo fim de semana excelente na Áustria, onde o holandês fez questão de ressaltar o grande desempenho do carro.

A questão que fica agora, é se Verstappen está seguro na liderança, a verdade é que ainda não, ele está separado por apenas 32 pontos de Lewis Hamilton. Pouco mais que uma vitória e a gente ainda tem muita prova para ser realizada até o final do campeonato. A Mercedes, mas principalmente o inglês ainda são rivais grandes e o GP da Áustria parece ser um ponto fora da curva, onde a dominação ocorreu. O próximo desafio é na casa da Mercedes, onde teoricamente o circuito é o campo que a equipe alemã mais conhece.

A Red Bull mostrou muita força durante todo o fim de semana, ainda é importante ressaltar o terceiro lugar obtido por Sergio Pérez na classificação, mas a corrida do mexicano foi desastrosa. Pérez tinha entre ele e o companheiro de equipe, Lando Norris da McLaren. Após o início da prova, um Safety Car foi ativo por conta de uma barbeiragem de Esteban Ocon, mas foi após a relargada que Pérez partiu para o ataque e tentou ganhar a segunda posição. Pérez passou pela brita depois que o piloto da McLaren fechou ele, desta forma o mexicano perdeu posições no grid e precisou remar, realizando uma corrida de recuperação.

No fim, o mesmo que Norris fez com Pérez, o mexicano fez duas vezes com Charles Leclerc, ele foi penalizado com dez segundos. Ele cruzou a linha de chegada na quinta posição, mas após a penalidade ser aplicada, ele caiu para o sexto lugar.

O dano na corrida de Pérez, deixou Max Verstappen sem um escudeiro, mas o holandês fez uma corrida dominante, então não foi ameaçado. No entanto, não é exatamente o resultado que a Red Bull espera dele.

Mercedes

Valtteri Bottas conquista pódio com a Mercedes depois de Lewis Hamilton enfrentar problemas – Foto: reprodução Mercedes/Daimler

Depois do GP da Estíria, já era esperado que a Mercedes não teria um bom desempenho, durante os treinos livres ele até apareceram nas primeiras posições, Lewis Hamilton junto a Valtteri Bottas comandaram a ponta do TL2, mas a classificação não ocorreu da forma esperada. O inglês largou da quarta posição, acompanhado pelo finlandês em quinto.

Hamilton ficou um pouco desanimado com mais uma derrota, tanto na classificação quanto na corrida. E durante a prova ele até teve chances de ficar com a segunda posição, mas ao ter passado pela zebra, o carro do inglês passou a perder rendimento e por conta do bom trabalho executado pela McLaren, Bottas teve a autorização para realizar a ultrapassagem em Hamilton e garantir o segundo lugar para a Mercedes. Mesmo com a posição de Hamilton sendo sacrificada. Hamilton terminou a prova na quarta posição.

Vale dizer que neste fim de semana tivemos a confirmação que Hamilton vai permanecer por mais duas temporadas com a Mercedes, depois que o time anunciou a renovação do seu contrato.

Do outro lado dos boxes, temos um Valtteri Bottas inconsistente, mas que realizou o seu dever neste fim de semana, principalmente após obter o pódio. Não foi uma grande atuação, mas com os problemas de Hamilton, ele conseguiu obter os pontos para o time e se manter no pódio.

O finlandês ainda não conta com vitórias, mas esteve no pódio com o terceiro lugar, este foi o seu melhor resultado na temporada de 2021 até o momento. Na disputa entre os pilotos, ele ocupa a quinta posição com 92 pontos, contra os 101 de Lando Norris e 104 de Sergio Pérez.

McLaren

Lando Norris conquista terceiro pódio da temporada com a McLaren – Foto: reprodução McLaren

A McLaren fecha a rodada tripla com a terceira posição do campeonato de construtores e 141 pontos. Lando Norris teve a oportunidade de mostrar mais uma vez um grande trabalho com a McLaren, além da classificação surpreendente, onde o piloto conseguiu obter o segundo lugar, Norris também teve uma corrida bem interessante.

Punido com cinco segundos depois do incidente com Pérez, Norris precisou se recuperar, então ele partiu para o ataque até se tornar uma ameaça para a Mercedes. Este é o seu terceiro pódio na temporada, o quarto na carreira. Um piloto que está se mostrando muito aguerrido e mais maduro. O peso de ter Daniel Ricciardo como companheiro de equipe trouxe muitos frutos para este jovem piloto.

O ritmo de corrida de Lando era forte, o piloto também mostrou muita maestria na defesa pela posição, depois dos ataques de Pérez. Também foi um piloto grande na disputa com Lewis Hamilton, o inglês até elogiou o jovem piloto e a sua condução.

Daniel Ricciardo não teve uma boa largada, algo que era até esperado por conta do desempenho apresentado na Estíria. Mas desta vez sem sofrer com problemas no carro, o australiano teve a chance de se recuperar e terminar na zona de pontuação, cruzando a linha de chegada em sétimo, bem perto onde por pouco não ganhou a posição de Pérez, por conta da punição do rival.

O dono do carro #3 aponta que foi uma corrida difícil onde ele precisou atacar, mas principalmente se defender. Ele fez tudo o que podia para se recuperar, travou uma disputa com a Ferrari e contribuiu com o time. Certamente eles ficaram satisfeitos com a melhora que tiveram de uma semana para a outra.

Ferrari

Carlos Sainz e Charles Leclerc pontuaram – Foto: reprodução Ferrari

O embate da equipe italiana é com a McLaren, atualmente eles são os donos do quarto lugar dos construtores com 122 pontos. Antes do GP da Áustria ser realizado, a equipe já havia divulgado que está focada no carro do próximo ano. O objetivo não é obter o terceiro lugar dos construtores, mas trabalhar para ter um carro melhor em 2022 neste novo regulamento.

Enquanto os pilotos estão ajudando a equipe nesta conquista, conseguimos observar um bom trabalho de Carlos Sainz e Charles Leclerc, uma dupla que está mostrando um trabalho sólido.

LEIA MAIS: Charles Leclerc fala sobre o primeiro contato que teve com o carro de 2022

Para o GP da Áustria e por conta da dificuldade com os pneus, a Ferrari optou por não avançar com os seus pilotos para o Q3, ganhando a oportunidade escolher os pneus da largada. A tática escolhida rendeu um P5 para Sainz e um P8 para Leclerc.

A combinação de pneus mais duros, ajudou a equipe a chegar ao Top-10, mas o monegasco sente que poderia ter feito um trabalho melhor, principalmente após enfrentar Sergio Pérez nas voltas finais da prova.

Mattia Binotto informou que os pilotos tiveram que realizar a inversão das posições e que Leclerc não teve nenhum problema em realizar a troca, pois eles estão conseguindo trabalhar bem como um time.

AlphaTauri 48 pontos x Aston Martin 44 pontos

AlphaTauri conquista um ponto com Pierre Gasly – Foto: reprodução AlphaTauri

A disputa pelo quinto lugar no campeonato de construtores segue, a Alpine também está inclusa nesta disputa, mas resolvi falar sobre estes dois times separados, justamente por conta da estratégia adotada no GP da Áustria.

A dupla da Aston Martin e AlphaTauri avançaram para o Q3, mas tiveram que utilizar os pneus macios para dar início a prova. Como optaram pelos pneus mais macios, sua parada ocorreu antes daqueles pilotos que optaram por trabalhar com os compostos médios, desta forma perderam terreno na disputa – principalmente para os pilotos da Ferrari.

Desta turma, apenas Gasly conseguiu conquistar pontos, o francês terminou a prova na nona posição. A AlphaTauri se mostrou forte durante todo o fim de semana, ficando entre os dez primeiros colocados, mas não conseguiu mostrar o mesmo desempenho na prova quando tiveram que trabalhar com os pneus mais macios. Tsunoda informou mais uma vez a dificuldade para encontrar o ritmo no carro.

Mesmo com a Aston Martin não obtendo pontos, a disputa segue viva. A equipe terá que analisar os dados e encontrar respostas até Silverstone, mas como foi apontado por Otmar Szafnauer foi uma sequência de questões que impediram o time de obter pontos.

Para completar, Sebastian Vettel esteve envolvido no toque que ocorreu entre ele e Kimi Raikkonen na última volta da prova. O alemão já teve um início complicado, pois foi punido no sábado, depois de ter atrapalhado Fernando Alonso que estava em volta rápida na classificação.

Alpine

Esteban Ocon abandonou o GP da Áustria, mas um resultado ruim no Red Bull Ring- Foto: reprodução Alpine

A Alpine está atualmente com 32 pontos, foi mais um fim de semana complicado para Esteban Ocon. Depois da renovação de contrato, o desempenho do piloto francês acabou caindo, além disso Fernando Alonso vem pontuando nas últimas provas, demonstrando que já encontrou com o carro da equipe.

Ocon já tinha se classificado mal, então largou do final do pelotão com o P17 obtido no sábado. Na largada ele se envolveu em um toque com Antonio Giovinazzi e Kimi Raikkonen, a prova de Ocon terminou na primeira volta.

Fernando Alonso foi atrapalhado por Sebastian Vettel na classificação, o espanhol tinha chances de avançar para o Q3 mas largou da décima quarta posição. Sua prova foi baseada em uma recuperação, tentando obter pontos para a Alpine. Ao final da prova ele duelou com George Russell pela décima posição e levou mais um ponto para a Alpine.

O espanhol acredita que a equipe está progredindo, mas agora a equipe precisa entender as dificuldades de Ocon, para reposicioná-lo no grid.

Alfa Romeo

Kimi Raikkonen bateu em Sebastian Vettel ao final da prova – Foto: reprodução Alfa Romeo

Os dois pontos da Alfa Romeo seguem como o melhor resultado que a equipe teve na temporada 2021. As chances da dupla pontuar mais uma vez se esvaíram no início da prova, mesmo apresentando ritmo, eles não conseguiram duelar com os outros pilotos para conquistar posições com ultrapassagens. O italiano e o finlandês fecharam o fim de semana com punições.

Raikkonen teve aquela batida com Sebastian Vettel ao final da prova que gerou várias investigações por ignorar as bandeiras amarelas e no fim Nicholas Latifi e Nikita Mazepin também foram punidos

Williams e Haas

George Russell ficou próximo de conquistar o ponto da Williams – Foto: reprodução Williams

Agora voltamos para falar sobre as duas equipes que continuam zeradas no grid. George Russell esteve em mais um fim de semana com chances de pontuar, o piloto passou para o Q3, um feito que é grande, quando levamos em consideração o carro da Williams e suas características.

Obviamente o time não desistiu de pontuar, pois obter ele seria quase uma vitória, mas infelizmente ainda existem carros com um pouco mais de rendimento. De qualquer forma, as defesas que Russell fez para evitar a ultrapassagem de Fernando Alonso, mostram o quanto este piloto merece um carro melhor.

Latifi ficou fora de encrencas que guiar no final do grid podem acarretar, mas foi punido pelas bandeiras amarelas no final da última volta. O piloto avaliou o carro como melhor que o da última semana.

Para os pilotos da Haas, foi mais uma semana para aprender, principalmente para Mick Schumacher que ressaltou o gerenciamento dos pneus, já que estavam usando uma gama mais macia. No entanto, mesmo apostando em uma estratégia mais confortável, seguem no final do grid, com uma grande diferença para o restante do grid.

Confira o nosso podcast!

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados