ColunistaFórmula 1Post

Racing Point perde pontos e leva multa após FIA aceitar protesto feito pela Renault

A Racing Point vai continuar utilizando os dutos de freio, pois não é possível esquecer o que já foi feito

Nesta sexta-feira (07) antes do início das atividades na pista começarem, a Racing Point recebeu as punições, referentes ao protesto realizado pela equipe Mercedes. A equipe foi multada em 400 mil euros e ainda perdeu 15 pontos no campeonato de construtores.

A Racing Point apareceu nesta temporada de 2020, muito semelhante ao carro da Mercedes, além de utilizar os motores da equipe alemã, eles têm algumas componentes do carro, incluindo a suspensão que fornecidas pelo time.

É claro que a inspiração veio do carro da Mercedes, mas a equipe sempre insistiu que não havia quebrado nenhuma regra. A FIA forneceu um documento extenso sobre o caso e após a investigação, concluíram que o projeto do duto de freio utilizado pela Racing Point fere o Regulamento Esportivo.

O valor aplicado de multa, corresponde a cada um dos carros, 200 mil euros para cada um deles. A pontuação dos pilotos não foi afetada, a equipe perdeu os 15 pontos referente ao campeonato de construtores.

O time poderá seguir utilizando os dutos de freios, ainda que tenha sido repreendida pela utilização deles durante o GP da Hungria e Grã-Bretanha.

A FIA não aceitou os argumentos da Racing Point, principalmente o de dizer que o regulamento esportivo só entrou em vigor antes do TL1 na Áustria. No extenso documento, a FIA descreve cada ponto em detalhes sobre os protestos da Renault.

Se a equipe tivesse utilizado os dutos de freio em 2019 no outro carro e se os analistas entendessem que o de 2020 era um design melhorado do antigo, e não os dutos da Mercedes, é possível que essa punição não tivesse ocorrido. Mas eles foram reconhecidos como uma nova peça que nesta temporada faz parte dos componentes listados desta temporada.

No entanto, nesta história os dutos traseiros foram considerados da Mercedes e não da Racing Point. A equipe acabou ganhando vantagem na competitividade e ainda pode se dedicar a outras áreas do carro.

A não retirada dos dutos atuais

Eles estão em conformidade com o regulamento técnico de 2020 da FIA, e não esperam que a Racing Point deixe de utilizá-los, pois isso acarretaria um novo projeto e desapegar do que eles já conhecem.

“Não podemos mudar os dutos de freio, não podemos desaprender o que aprendemos”, disse Otmar Szafnauer.

A FIA puniu a vantagem que a equipe teve em utilizar uma peça que não foi projetada por eles. A equipe não foi desclassificada do campeonato e essa possibilidade foi descartada pois a Racing Point feriu o Regulamento Esportivo e não deixou de cumprir algo do Regulamento Técnico. A Racing Point tem o prazo de 24 horas para recorrer sobre a decisão.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados