ColunistaFórmula 1Post

Piastri brilha mais uma vez e conquista 4ª pole da temporada 2021 da Fórmula 2 em Jeddah

Piastri superou Shwartzman e Pourchaire para conquistar a 4ª pole seguida. Australiano pode ser campeão neste final de semana

Oscar Piastri está em uma grande fase, é realmente uma pena ver todos os assentos na Fórmula 1 resolvidos para o próximo ano, enquanto o aspirante ao título de 2021 da Fórmula 2 não terá um carro para guiar no próximo ano. Depois de dois meses sem atividade da categoria de base, os pilotos estão retomando as suas batalhas em Jeddah.

A pausa que foi dada desde a última prova disputada em Sochi não intimidou a grande performance de Piastri, o piloto que faz parte da academia da Alpine, ele superou o companheiro de equipe e Théo Pourchaire para conquistar a 4ª pole da temporada e a 4ª seguida, com o tempo de 1m40s878. Piastri usará o resultado para largar da primeira posição na prova do domingo. O australiano pode conquistar o título em Jeddah, só precisa aplicar a diferença para Guanyu Zhou em 30 pontos.

Nesta sessão vimos uma disputa entre Robert Shwartzman e Théo Pourchaire pela pole, o russo cravou 1m40s043, confirmando o bom desempenho que já foi demonstrado no primeiro treino livre. Pourchaire que faz parte da academia da Sauber e é piloto da ART Grand Prix ficou com a terceira posição. Christian Lundgaard que parte para a Indy no próximo ano ficou com a quarta posição. Para fechar o top-5 tivemos Felipe Drugovich representando o Brasil.

Guanyu Zhou não superou o companheiro de equipe, fez uma classificação de certa forma apagado, encaixando o carro da UNI-Virtuosi na sexta posição. Ralph Boschung foi o sétimo colocado, seguido por Jüri Vips, Marcus Armstrong e Liam Lawson.

Ainda comentando sobre os brasileiros Enzo Fittipaldi ocupou a décima sexta posição, mas concluiu a sessão no décimo oitavo lugar, enquanto Guilherme Samaia foi apenas o vigésimo colocado.

Dan Ticktum que está confirmado no grid da Fórmula E no próximo ano, quase fechou dentro do top-10, mas um furo de pneu comprometeu a sua última tentativa de volta rápida, o piloto da Carlin começa a corrida do décimo terceiro lugar.

A primeira corrida da Fórmula 2 será disputada neste sábado, às 9h30 (pelo horário de Brasília), enquanto a segunda Sprint será disputada às 15h40, pouco depois do encerramento da classificação da Fórmula 1.

Saiba como foi a Classificação da Fórmula 2 em Jeddah

Quando a Fórmula 2 entrou pela segunda vez no traçado, a noite já tinha chegado, portanto era uma sessão completamente diferente do treino livre realizado mais cedo. Os pilotos compararam Jeddah com Silverstone, por ser um circuito travado, mas também com Macau, por ser muito veloz e ter os muros tão próximos.

Com a pista liberada, muitos pilotos partiram logo para as suas voltas rápidas, com muito competidores juntos o tráfego na pista ficava bem intenso. Roy Nissany foi o líder com 2m19s203, mas a pista seguiu evoluindo desta forma Ralph Boschung se mostrava muito rápido no traçado anotando 2m02s198, acompanhado por Dan Ticktum que anotou 2m05s904, depois de ter esperado um pouco para entrar no circuito e participar da sessão.

Os tempos abaixaram para menos de 2 minutos, seguindo o que fora visto no treino livre. Robert Shwartzman que liderou o TL1, assumiu a ponta anotando 1m41s747, 0s064 mais rápido que seu companheiro de equipe. Théo Pourchaire apareceu na sequência cravando 1m41s364, com os dois primeiros setores da pista roxo. A briga entre Pourchaire da ART e Shwartzman da prema seguiu, o russo apaceu pouco depois mais uma vez na liderança da tabela de tempos, anotando 1m41s335.

Guanyu Zhou que está brigando pelo campeonato, não estava apresentando um desempenho tão forte, assim o piloto chinês aparecia apenas em nono lugar. Restando quinze minutos para o final da sessão, os dez primeiros eram: Shwartzman, Pourchaire, Piastri, Lundgaard, Drugovich, Tictum, Vips, Novalek, Zhou e Boschung. Entre os brasileiros, Drugovich era o piloto com melhor resultado até este momento, pois ele ocupava a quinta posição e estava mais bem posicionado que o seu companheiro de equipe. Enzo Fittipaldi ocupava a décima sexta posição, enquanto Samaia ocupava o vigésimo primeiro lugar.

Após uma breve pausa para ajustes nos boxes, os pilotos foram retornando para a pista nos últimos 10 minutos de sessão. Zhou conseguiu um resultado melhor, portanto passou a ocupar a terceira posição com 1m41s475. Dan Ticktum que foi empurrado para a nona posição, precisou retornar para os boxes pois enfrentava um pequeno furo de pneu. O piloto da Carlin passou pelos boxes, teve o composto substituído e partiu mais uma vez para a pista.

Pourchaire ficou com a pole provisória, mas Shwartzman superou o seu tempo, enquanto Piastri consegui encaixar uma ótima volta e cravou 1m40s878 para ficar com a pole, cravando a 4ª da temporada! Zhou começa a desenhar o campeonato com uma final extremamente favorável para Piastri, pois conseguiu apenas o sexto lugar nesta classificação.  

Lembrando que essa classificação vale para a corrida principal que será disputada no domingo. Neste sábado para a Sprint 1, os dez primeiros vão inverter as posições, portanto Liam Lawson poderá largar da primeira posição, enquanto Oscar Piastri será o décimo e precisa escalar o grid para obter um bom resultado.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados