Pérez permanece na F1, o mexicano vai disputar a próxima temporada com a Red Bull

Após o GP de Abu Dhabi, Pérez garante assento na F1, fechando com a Red Bull para a temporada 2021

Nesta sexta-feira (18) a Red Bull confirmou a contratação de Sergio Pérez para a temporada 2021. Os rumores já estavam ocorrendo na Fórmula 1, mas com o encerramento do GP de Abu Dhabi eles se intensificaram.

Pérez veio de uma temporada boa, mas conturbada, o piloto conseguiu o seu primeiro pódio do ano no GP da Turquia, e sua primeira vitória da carreira ocorreu durante o GP de Sakhir. A Racing Point bateu na trave algumas vezes, pois quase conquistou outros pódios, mas por erro nas estratégias dotadas perderam resultados melhores. Para 2021 a Racing Point – no próximo ano Aston Martin optou pela contratação de Sebastian Vettel. 

O mexicano está em alta o que auxiliou na negociação de um novo contrato, além disso mesmo sem participar de duas provas – por conta do Covid – e abandonando duas corridas, Pérez conseguiu a quarta posição no campeonato de pilotos e auxiliou o time na conquista do quarto lugar do campeonato de construtores.

Por outro lado, era esperado que Alexander Albon tivesse um resultado melhor, o tailandês terminou na sétima posição do campeonato de pilotos e ficou devendo em algumas provas, principalmente em corridas que Max Verstappen não conseguiu terminar. Albon segue no time, mas agora será piloto reserva da Red Bull e seu foco será o desenvolvimento de 2022, trabalhando nos simuladores e realizando teste de pneus. 

“Alex é um membro valioso da equipe e pensamos muito sobre essa decisão. Depois de avaliar todos os dados e desempenhos relevantes, decidimos que Sergio é o piloto certo para ser companheiro de Max em 2021 e estamos ansiosos para recebê-lo na Red Bull”, afirmou Christian Horner.

Pérez se mostra uma boa opção para o time, pois com um carro melhor os seus resultados melhoraram consideravelmente. É um piloto que já tem experiência, são dez anos na Fórmula 1, dez pódios, 706 pontos conquistados e 191 GPs disputados. O mexicano encontra-se na sua melhor fase, seria um desperdício não o ter na próxima temporada na Fórmula 1. 

Sergio Perez comentou sobre a contratação: “Estou extremamente grato à Red Bull por me dar a oportunidade de correr pelo time em 2021. A chance de correr por uma equipe campeã é algo que eu esperava desde que entrei na Fórmula 1 e será um momento de orgulho para entrar no grid  com as cores da Red Bull ao lado de Max.”
 
“Podem ter certeza que vou disponibilizar todo o meu foco na próxima temporada. O time tem a mesma mentalidade vencedora que eu, e sei que estou aqui para atuar e ajudar a equipe a lutar por mais um título.”
 
A Red Bull quer brigar diretamente pelo campeonato de construtores, a segunda posição no campeonato indica a força que o time tem, mas eles precisam pontuar regularmente para chegar ao objetivo. Nesta temporada, Lewis Hamilton conquistou mais pontos que a Red Bull – 2ª colocada – conseguiu em todo 2020. 
Confira: Opinião – O futuro de Alexander Albon

Albon merece ainda uma oportunidade, mas precisa amadurecer um pouco mais antes de assumir um carro novamente. Podemos tirar pelo desempenho de Pierre Gasly que melhorou bastante ao retornar para a AlphaTauri. Mas o tailandês pode ter perdido a sua vaga na Fórmula 1 em definitivo após está descisão da Red Bull, afinal a nova grande aposta do time austríaco está ligado ao destino de Yuki Tsunoda e quanto o japonês vai conquistar em seu primeiro ano com a AlphaTauri.

*Post em atualização

Sair da versão mobile