Os capacetes e homenagens nos cascos no GP da Emilia-Romagna

A homenagem mais emocionante foi no capacete de Pierre Gasly, que carregava as corres utilizadas por Ayrton Senna durante a sua carreira

Para o GP da Emilia-Romagna realizado na Itália foi possível ver alguns pilotos com capacetes diferentes na terceira corrida italiana realizada nesta temporada.

Lando Norris que já havia utilizado um capacete com o layout de pizza, apareceu em Ímola com o um casco com a bandeira italiana e até me fez lembrar do capacete de Antonio Giovinazzi que ele já utiliza na temporada regular da Fórmula 1. Aliás, Norris vem exibindo pinturas bem interessantes ao longo da temporada, como o desenho escolhido para o GP de Portugal.

Confira: Os capacetes, a homenagem e outros momentos com os cascos no GP de Eifel

É claro que Charles Leclerc aproveitou para homenagear a Itália e também a Scuderia Ferrari, no seu casco era possível ver uma bandeira italiana e Ímola compondo o layout do desenho adotado pelo monegasco para a prova.

Antonio Giovinazzi que renovou o contrato com a Alfa Romeo e estava correndo em casa, aproveitou a oportunidade para homenagear a própria equipe, o seu capacete nasceu com a inspiração do carro da Alfa Romeo o T33, modelo desenvolvido no início dos anos 1960, que foi evoluindo e participou de diversas corridas de longa duração.

Daniil Kvyat que participou de corrida na Itália no início da sua carreira, apareceu com um capacete especial para o fim de semana, uma pintura que dava o aspecto de couro para o capacete, mas que tinha uma singela homenagem para o país por conta das cores. 

E claro que neste post não poderia faltar a menção ao capacete utilizado por Pierre Gasly. O piloto francês usou um capacete com as cores de Ayrton Senna como uma forma de relembrar e o homenagear o seu ídolo. A pintura do brasileiro ficou bem conhecida ao longo da sua carreira, além disso 32, das 41 vitórias de Senna, foram conquistadas com o motor Honda. O fim de semana foi muito carregado, onde os pilotos relembraram a história de Senna, principalmente por conta de ser o circuito onde o brasileiro acabou falecendo em 1994.

 

Olhar o capacete de Gasly, com a faixa Honda na viseira provocou diversas lembranças, a Fórmula 1 focou várias vezes no francês e com câmeras que davam grande destaque ao capacete. Infelizmente Gasly não completou a prova no domingo, pois a equipe identificou um problema sério no seu carro e precisaram voltar com o piloto para os boxes. Mas certamente as imagens deixaram muita gente emocionada e mexida

Confira o nosso podcast! 

 

Sair da versão mobile