ColunistaFórmula 1Post

OPINIÃO – A temporada 2020 da Alfa Romeo

A Alfa Romeo não teve uma boa temporada, foi outra equipe prejudicada pelo desempenho do motor fornecido pela Ferrari

A Alfa Romeo, assim como a Haas tiveram um início de temporada nada agradável, o time permaneceu na oitava posição do campeonato de construtores, mas a quantidade de pontos obtidos em 2020, foi inferior aos conquistados em 2019 – 8 pontos contra 57 do ano anterior. Assim como a Haas, a Alfa Manteve a posição, mas não o desempenho.

Os motores da Ferrari prejudicaram os clientes, mas ainda existiam problemas na aerodinâmica do carro, o trabalho foi sendo realizado ao longo da temporada com as atualizações implementadas no C39. Em alguns momentos a Alfa Romeo superou a Ferrari em velocidade e, começaram a ficar mais satisfeitos à medida que estavam avançando.

As classificações eram uma questão a ser resolvida pelo time, mas ficou nas tentativas. Mas em outro quesito os pilotos tiveram uma grande importância, Kimi Raikkonen e Antonio Giovinazzi apresentaram boas largadas e conseguiram conquistar muitas posições, mesmo lidando com a falta de ritmo, não era fácil realizar ultrapassagens na dupla, desta forma eles conseguiram contar com a sorte e este tipo de trabalho para conquistar alguns pontos ao longo da temporada.

A Alfa Romeo sofreu com o motor fornecido pela Ferrari neste ano – Foto: Alfa Romeo

Infelizmente, mesmo com alguns acertos, a Alfa Romeo acabou errando em algumas estratégias, o que dificultou na conquista por mais pontos ou melhores posições. Raikkonen e Giovinazzi por muitas vezes foram mantidos na pista, além do necessário, acabavam retornando no bolo e perdendo desempenho.

O resultado ruim da Alfa Romeo é um reflexo da queda livre enfrentada pela Ferrari, mas também do crescimento da AlphaTauri, Renault e Racing Point. Os conflitos ficaram mais apertados, ocupar as dez primeiras posições do grid não foi nada fácil neste último ano.

Kimi Raikkonen x Antonio Giovinazzi

Comparativo entre Kimi Raikkonen e Antonio Giovinazzi na temporada 2020 – Foto: reprodução F1

A Alfa Romeo renovou com a dupla para 2020 e fez o mesmo para a temporada 2021, o finlandês e o italiano vão seguir defendendo a Alfa Romeo. Uma questão que várias pessoas desaprovaram, ainda mais com o ano rico em talentos na Fórmula 2, mas as escolhas vão um pouco além dos desejos dos fãs.

O desempenho de Raikkonen acaba agradando muito o chefe de equipe da Alfa Romeo, Frédéric Vasseur, como eles já trabalharam por muitos anos juntos e o finlandês agrega muito com o seu conhecimento e experiência, eles seguem com o desejo de manter Raikkonen no time.

Frédéric Vasseur e Kimi Raikkonen – Foto: Alfa Romeo

No entanto, Antonio Giovinazzi é sempre o mais questionado sobre a sua posição no time. O italiano teve um crescimento de uma temporada para a outra, ganhando mais confiança e realizando o seu trabalho, mais acertos do que erros e isso chamou a atenção. Giovinazzi está envolvido no projeto de desenvolvimento do Giulia GTAm. Além disso a decisão sobre o seu assento é uma escolha da Ferrari, que já investiu muito na carreira do italiano e tem os seus propósitos que nem sempre são revelados.

Giovinazzi foi uma parte importante neste ano por conta do seu desempenho melhor, a sua classificação melhorou, a corrida também apresentou um desempenho melhor, ainda que os números de Raikkonen sejam excepcionais. Cada piloto conquistou quatro pontos para o time, não é o melhor caminho, mas eles fizeram o seu trabalho.

Antonio Giovinazzi conquitou ou primeiros pontos da equipe nesta temporada, durante o GP de ÁustrIa – Foto: Alfa Romeo

Focados em 2021, mas também no projeto de 2022, a experiência de Kimi Raikkonen e a determinação de Antonio Giovinazzi, podem ajudar no nascimento deste novo carro, visando superar o ano conturbado que foi 2020.

A Alfa Romeo segue na F1, o pacto de concórdia foi assinado, mas além disso a marca italiana permitiu que a Sauber siga utilizado o nome na Fórmula 1.

Leia Mais: 

Alguns pontos sobre a permanência de Raikkonen e Giovinazzi na Alfa Romeo

+ Alfa Romeo manterá Kimi Raikkonen e Antonio Giovinazzi para 2021

+ A Alfa Romeo vai permanecer na F1, após estender a parceria com a Sauber

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo