ColunistaFórmula EPost

Oliver Rowland segue na liderança com a Mahindra durante TL2 em Diriyah

Pela segunda sessão seguida Oliver Rowland garantiu a liderança para a Mahindra. Classificação promete ser disputada

Nesta sexta-feira (28) o dia começou com o segundo treino livre da Fórmula E, a última preparação dos carros e pilotos antes de enfrentarem a classificação e o 1º ePrix da temporada. Oliver Rowland foi o líder de mais uma atividade, o piloto anotou 1m08s957 antes do cronômetro zerar. Sam Bird foi o único que conseguiu acompanhar o piloto da Mahindra na casa de 1m08s.

Saiba como foi o Segundo Treino Livre da Fórmula E em Diriyah

A sessão começou quinze minutos mais tarde, pela necessidade de limpeza no circuito, o atraso foi informado pela direção de prova. Com a pista liberada, os pilotos deixaram os boxes rapidamente para aproveitar a meia hora de atividade. Diferente do TL1, os times contavam com a luz natural, a temperatura na pista estava na casa dos 16°C, com 17°C no ambiente.

Nyck De Vries que bateu no TL1, participou normalmente desta sessão, pois a Mercedes conseguiu recuperar o seu carro. As posições se alternavam rapidamente, com pilotos novos assumindo a liderança da sessão. Logo Jake Dennis, Sébastien Buemi e o estreante Oliver Askew entraram na casa de 1m12s.

Os tempos tinham potencial de abaixar mais, pois o circuito estava evoluindo. Dennis voltou para a ponta com 1m11s119, superando o tempo estabelecido por Antonio Félix da Costa que tinha registado 1m11s184. Com cerca de dez minutos de atividade, Sette Câmara surpreendeu com a Dragon, cravando 1m10s955, neste momento Di Grassi estava na 8ª posição com a Virgin.

Restando 20 minutos para o encerramento, alguns pilotos passavam pelos boxes para fazer alguns ajustes nos carros. Os dez primeiros eram: Cassidy, Sette Câmara, Dennis, Mortara, Da Costa, Bird, Vandoorne, Vergne, Ticktum e Evans.

Nos últimos quinze minutos de sessão, começaram a aparecer as voltas de classificação, usando 250 kW. De Vries registrou 1m09s906, assumindo a liderança, com Rowland na segunda posição.

Câmara conseguiu mais uma grande volta, o brasileiro voltou para a liderança da atividade cravando 1m09s508, com Di Grassi na 3ª posição, registrando 1m09s541 – as posições duraram momentaneamente, mas foram um grande avanço.

Em decorrência de muito tráfego na pista, alguns pilotos tinham as suas voltas rápidas prejudicadas, além da necessidade de negociar espaço na pista.

Antes do cronômetro zerar, Rowland era o líder da sessão, depois de estabelecer 1m08s957, fechando mais uma atividade na ponta. Os pilotos ainda tiveram um tempo para testar a largada após o encerramento da atividade.

Entre os brasileiros, Câmara ficou com a 11ª posição, enquanto Di Grassi foi o 13º colocado.

Encerramento da sessão – Foto: reprodução
Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados