ColunistaFórmula 1Post

O último dia de testes na Ferrari foi reservado para Schumacher e Ilott

A Ferrari encerrou nesta sexta-feira os cinco dias de testes, separados para os seus pilotos em Fiorano

Nesta sexta-feira (29) a Ferrari encerrou os seus testes em Fiorano, as atividades do último dia foram divididas entre Mick Schumacher e Callum Ilott. O suiço cumpriu as suas atividades pela manhã, enquanto o piloto de testes da Ferrari, assumiu o SF71H na sessão vespertina.

Nestes cinco dias de atividade, passaram pilotos como a dupla de 2021 da Ferrari, Carlos Sainz e Charles Leclerc, além dos pilotos que fazem parte da academia de jovens pilotos Ferrari, como Robert Shwartzman e Marcus Armstrong. Giuliano Alesi esteve se despedindo da academia, mas pode testar na última segunda-feira em Fiorano.

Durante os cinco dias de atividade os pilotos completaram 1500 KM, a atividade estipulada e desenvolvida pelos engenheiros da Ferrari, são parte do treinamento e desenvolvimento destes pilotos. Eles conseguiram adquirir quilometragem, pegar ritmo e testar procedimentos que vão realizados durante a temporada.

Mick Schumacher que já havia testado na quinta-feira e cumprido todo o seu programa do dia, voltou ao carro nesta sexta-feira, podendo completar mais de 50 voltas em sua atividade. Callum Ilott pode guiar um carro de F1 mais uma vez, em setembro de 2020 o piloto já havia realizado testes com a Ferrari. Nesta sexta-feira Ilott completou quase 50 voltas, mas realizou todo o programa estipulado pela equipe.

Callum Ilott realiza testes em Fiorano, com a Ferrari – Foto: FDA Ferrari

Maya Weug, a primeira mulher a fazer parte da academia de jovens pilotos da Ferrari, escolhida pelo programa #GirlsOnTrack esteve em Fiorano acompanhando as atividades dos boxes.

Agora a Ferrari vai seguir a sua preparação para a primeira atividade de testes realizadas no Bahrein, com foco para o início da temporada 2021.

“Sete pilotos em pista ao longo de cinco dias, percorrendo mais de 1.500 quilômetros entre eles, tornaram a semana muito agitada para a equipe de Fiorano”, comentou Laurent Mekies, diretor esportivo da Ferrari.

“O aspecto mais importante do teste foi dar aos pilotos oficiais da Scuderia, Charles e Carlos, a oportunidade de voltar ao ritmo de pilotagem após as férias de inverno. Para os caras do FDA, foi mais uma oportunidade de experimentar dirigir um carro de Fórmula 1. Para Carlos e Marcus o teste também foi “inédito”, já que o espanhol está estreando com sua nova equipe e o neozelandês experimentou um carro de Fórmula 1 pela primeira vez.”

“Para Giuliano, o teste representou um presente de despedida, pois seu tempo com o FDA chegou ao fim. Acho que a melhor coisa da semana foi a atmosfera nos boxes da nossa pista em casa, com todos muito felizes por estarem de volta à pista, pora se preparar o melhor possível para a próxima temporada. ”

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados