ColunistaFórmula 1Post

O sistema DAS utilizado pela Mercedes segue como algo legal e permitido em 2020

Red Bull não obteve sucesso com o protesto e assim poderá adotá-lo

O protesto que a Red Bull abriu nesta sexta-feira (03), contra o sistema DAS da Mercedes foi negado pela FIA. A equipe alemã segue podendo utilizá-lo durante a temporada de 2020, mesmo que ele não esteja liberado para o próximo ano.

A equipe austríaca apresentou o protesto se baseando na violação do Regulamento Técnico, se apoiando no artigo 3.8 e o 10.2.3, a FIA não aceitou a contestação.

Christian Horner não negou que a Red Bull pode estar tentando implementar um sistema assim em seus carros, alguns acreditam que não falta muito tempo para. Analisando a situação a equipe pode ter entrado com este protesto para justamente poder se defender caso passe a utilizá-lo em seu carro, necessitando apenas do veredito que atesta a sua legalidade.

“Como conclusão geral, é muito simples concluir que o DAS seria ilegal se não fizesse parte do sistema de direção”, dizia o documento dos comissários. “Portanto, o principal desafio e debate deve ser se ele pode ser considerado parte do sistema de direção. Os comissários decidem que o DAS faz parte do sistema de direção.”

“Portanto, os comissários consideram o DAS uma parte legítima do sistema de direção e, portanto, satisfazem os regulamentos relevantes em relação à suspensão ou influência aerodinâmica”.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados