ColunistaDestaquesFórmula E

Nico Müller é oficializado como piloto titular da Dragon ao lado de Sérgio Sette Câmara

Suíço fará sua segunda temporada com a equipe americana

A última peça do xadrez da Fórmula E foi encaixada hoje. A Dragon/Penske Autosport confirmou a renovação com Nico Müller e ele seguirá na equipe na 7ª temporada. O piloto suíço formará dupla com Sérgio Sette Câmara.

Os dois já pilotaram juntos na pré-temporada em Valência e na final da temporada 6, em Berlim.

O novo acordo com Müller faz parte de um projeto estratégico de longo prazo liderado por Jay Penske, proprietário e diretor da equipe. A ideia é levar a equipe de volta aos bons resultados obtidos nas primeiras temporadas da competição.

LEIA MAIS: Conheça a Dragon, equipe de Sérgio Sette Câmara na Fórmula E

“Estou muito satisfeito por continuarmos nossa aliança com Nico”, afirmou o team principal, “Ele nos deu feedbacks valiosos durante a sua desafiadora temporada de estreia”.

“Com a combinação de seu feedback técnico, habilidade de corrida inerente e os recursos adicionais que estamos trazendo para dar apoio ao time, estou confidente que daremos um conjunto mais competitivo para ele em 2021.

“Espero que ele entregue resultados sólidos em sua segunda temporada na Fórmula E”, finalizou Jay Penske.

Como ressaltado pelo dono da Dragon, Nico Müller possui papel central no desenvolvimento do software e de outros componentes do sistema utilizado pela equipe. Função que continuou sendo desempenhada durante o período de recesso da categoria.

Müller compartilha o pensamento de Penske: “A equipe toda está muito motivada e não vamos deixar de nos forçar e de melhorar nosso trabalho. Abraço a atitude que todos têm de não desistir mesmo nos momentos mais difíceis quando disputamos contra os maiores nomes do campeonato”.

Segundo ele, é hora de colher os frutos do trabalho aplicado: “Aprendi muito com a minha primeira temporada na Fórmula E. Como corremos em circuitos de rua, as superfícies variam substancialmente com a pista e evolui durante o dia das corridas, o que nos oferece um desafio adicional.

“E o gerenciamento de energia é igualmente exigente, é uma área em que afiamos nosso software para deixar o carro mais rápido e eficiente possível. Estou ansioso pela minha2ª temporada com a Dragon. Percebemos que o potencial existe e queremos convertê-lo nos resultados que sabemos que merecemos.

“Estamos muito felizes de poder disputar um título mundial na Fórmula E. É por isso que estamos aqui, para vencer. E saber que estamos indo buscar um campeonato mundial nos deixa ainda mais famintos”, finalizou o piloto.

Mostrar mais

Cinthia Venâncio

Cearense que acompanha Fórmula 1 desde que se entende por gente. Faz aniversário no mesmo dia do Damon Hill.

Deixe uma resposta

Artigos relacionados