ColunistaFórmula 1Post

Mercedes explica o motivo para não fazer a troca completa do motor de Hamilton

No TL1 a Mercedes informou a troca do ICE, desta forma Hamilton perde apenas dez posições no grid de largada do domingo

A Mercedes confirmou nesta manhã a troca de um dos componentes do motor de Lewis Hamilton. O piloto da Mercedes será penalizado com a perda de dez posições no grid de largada do GP da Turquia.

A equipe alemã não fez a troca completa da unidade de potência, na verdade eles focaram na troca específica do ICE – motor de combustão interna – e escapamento. Como Hamilton estava excedendo o uso do ICE (três permitidos por temporada), o piloto recebeu uma punição para o domingo.

Hamilton está no limite dos outros componentes que também acarretam punições, portanto se uma nova troca ocorrer neste fim de semana, a penalidade acaba aumentando. Além disso, se a Mercedes optar por realizar a troca de outro componente mais para a frente que está no limite, o piloto será penalizado mais uma vez. No entanto, se nas próximas corridas Hamilton tiver que trocar o ICE outra vez, e está troca for única, ele perde apenas cinco posições.

Para a Sky Sports F1, Andrew Shovlin, chefe de engenharia da Mercedes explicou o motivo para realizar a troca apenas no motor de combustão interna. Em Sochi, o time alemão realizou a troca completa do motor de Valtteri Bottas depois que a unidade de potência apresentou um problema no ICE.

“Estamos simulando todas as corridas até o final do ano e tem o equilíbrio e o risco de um problema de confiabilidade. Obviamente, é aquilo que definitivamente você não quer ter, é abandonar uma corrida e depois sofrer uma penalidade de qualquer maneira.”

“Depois, há também um elemento de desempenho, porque as unidades de potência perdem um pouco de desempenho durante sua vida útil. É melhor perder dez posições do que começar do fim do grid”, acrescentou Shovlin.

LEIA MAIS: Hamilton lidera TL1 na Turquia, mas Mercedes já confirma troca de componente do motor do inglês

O engenheiro acredita que o time não fará outras modificações ao longo do final de semana. “É improvável, é muito trabalho quando você começa a mudar alguns desses elementos durante o fim da semana da corrida. Estamos muito felizes com a decisão que tomamos até agora, e podemos permanecer com ela”, completou.

Mercedes realiza a troca de apenas um dos componentes do Motor de Hamilton – Foto: reprodução

A decisão de fazer a troca é bem interessante, na Turquia existem chances de realizar ultrapassagem, mas os times também podem lidar com um clima instável nos próximos dias de atividade, portanto, se eles tomarem a decisão certa, Hamilton pode ter um bom resultado em sua prova de recuperação.

LEIA MAIS: Hamilton lidera TL1 na Turquia, mas Mercedes já confirma troca de componente do motor do inglês

Hamilton está em um fim de semana forte, o piloto liderou os dois treinos livres. Em contrapartida, a Red Bull está tendo muito dificuldade para encontrar o equilíbrio ideal para o carro.

Se o piloto obter a pole, ele consegue minimizar os problemas e começar a corrida da décima primeira posição.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados