ColunistaFórmula 1Post

Mercedes e Haas enfrentam problemas na manhã do primeiro dia de testes no Bahrein

As duas equipes optaram por realizar a troca da caixa de câmbio dos seus pilotos, desta forma eles acabaram perdendo parte da sessão

A abertura dos testes de pré-temporada no Bahrein começou bem movimentados, os boxes foram liberados nesta sexta-feira (12) e os times logo foram trabalhar nas suas voltas, mas alguns problemas já começaram a aparecer.

A Mercedes foi a primeira, pouco depois de Valtteri Bottas deixar os boxes e partir para a volta de instalação, o time identificou um problema na transmissão da caixa de câmbio. O finlandês retornou para os boxes e perdeu mais de três horas de atividade.

O time alemão optou por remover a caixa de câmbio que estava apresentando problemas, instalar uma nova e realizar uma avaliação depois. Bottas conseguiu retornar para a pista, mas foi liberado na última meia hora da atividade matinal. A Mercedes optou por revezar todos os dias de atividade entre os seus pilotos, mas o finlandês só volta a assumir o W12 na tarde do dia 13 de março. 

Bottas terminou a atividade completando 6 voltas.

Haas

Mick Schumacher – Foto: Haas

As coisas na Haas também não começaram bem, a equipe que já está focando em 2022 perdeu parte da sessão após Mick Schumacher completar 7 voltas com o VF-21. A equipe identificou um problema hidráulico e assim como a Mercedes optou por realizar a troca da caixa de câmbio.

A problema é uma preocupação para time, não só pela confiabilidade, mas também por perder tempo de atividade; além de limitar a coleta de dados, a Haas em 2021 apostou em dupla jovem que está vindo da Fórmula 2, os pilotos precisam adquirir experiência com o carro que só será adquirida com o piloto conseguindo completar as suas voltas na pista.

A Haas também optou por dividir todos as sessões com os dois pilotos, Schumacher volta a assumir o comando do carro na tarde de sábado. O piloto do carro #47 terminou a atividade completando 15 voltas. 

A pré-temporada é realmente para que os problemas aconteçam e sejam identificados, para que seja possível encontrar uma solução. No entanto, para os pilotos que já tem experiência o tempo perdido é menos prejudicial.  

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados