ColunistaFórmula 1Post

Max Verstappen supera Bottas e coloca Red Bull na liderança do TL3 em Sakhir

A Red Bull segue brigando com a Mercedes e desta vez Verstappen conseguiu um tempo melhor que o obtido por Valtteri Bottas

O último treino livre realizado no Circuito do Bahrein foi bem movimentado, nesta atividade os pilotos trabalharam com as voltas de simulação de classificação e, quando a pita começou a ser ocupada, o agito de falto aconteceu, pois, vários pilotos estavam buscando as suas voltas rápidas.

A ponta foi bem disputada entre a dupla da Mercedes, Valtteri Bottas figurou na primeira posição, acompanhado por George Russell, mas como os desempenhos estão parecidos, Max Verstappen assumiu a ponta com 54s064, empurrando o finlandês da Mercedes para a segunda posição.

Pierre Gasly assumiu a terceira posição, mostrando um bom desempenho da AlphaTauri durante todas as sessões de treinos livres. Esteban Ocon foi o quarto colocado com a Renault. A McLaren apresentou uma melhora, a sexta-feira foi difícil para o time que não encontrava ritmo e não tinha como garantir a confiabilidade; nesta sessão Lando Norris apareceu na quinta posição com Carlos Sainz em décimo.

Alexander Albon ficou com a sexta posição. George Russell que liderou os treinos livres na sexta-feira, ficou com a sétima posição. O top-10 ainda contou com a dupla da Racing Point, com Sergio Pérez em oitavo e Lance Stroll em nono.

A Ferrari vai trocar o motor de Sebastian Vettel. Pietro Fittipaldi passou pela troca e foi punido com a perda de dez posições no grid. Charles Leclerc e Sebastian Vettel foram superados por Antonio Giovinazzi nesta sessão.

A Fórmula 1 retorna às 14 para a realização da classificação para o GP de Sakhir.

Saiba como foi o Terceiro Treino Livre em Sakhir

Na pista a temperatura estava na casa dos 30°C, com 25°C no ambiente.

Pietro Fittipaldi foi o primeiro a seguir para a pista e logo anotou 56s499 de pneus macios. A última sessão de treinos livres é dedicada a simulação de classificação. O brasileiro seguiu pelo circuito sozinho e tinha a chance de ir melhorando o seu tempo, anotando 56s249.

Com quase 15 minutos de sessão realizada, outros pilotos foram liberados para a pista e a sessão ficou agitada, os pilotos precisaram lidar com o trânsito. Ricciardo de pneus duros tomou a ponta ao anotar 55s311, seguido por Lando Norris com 55s555, o piloto da McLaren estava com o pneu macio instalado.

Os pilotos da Racing Point estavam testando com os pneus médios, mas começaram a perder espaço na tabela de tempos assim que mais voltas rápidas eram registradas. Bottas saltou para a ponta com 55s010, a sessão estava bem apertada já que do primeiro ao décimo sexto, todos estavam com no mesmo segundos.

Restando pouco mais de meia hora para o final da atividade, foi possível ver Max Verstappen rodando, mas o holandês era o terceiro colocado com 55s194. Russell e Bottas estavam brigando pela ponta, o inglês anotou 55s000, enquanto o finlandês bateu a marca ao anotar 54s880, ambos utilizando os pneus macios.

Com 30 minutos de atividade, os dez primeiros eram: Bottas, Russell, Verstappen, Kvyat, Gasly, Leclerc, Ricciardo, Albon, Sainz e Pérez. Entre eles era possível ver o holandês, seguido pela dupla da AlphaTauri, utilizando os pneus duros, assim como o australiano da Renault e o tailandês da Red Bull. 

Uma breve pausa aconteceu, mas pouco depois os pilotos retornaram para mais uma rodada de voltas rápidas. Vettel saltou da décima sétima posição, para o segundo lugar ao anotar 54s858, utilizando ainda os pneus macios. Bottas voltou a anotar um bom tempo, cravando 54s270, Russell superou Vettel com 54s664 e pouco depois Charles Leclerc apareceu na terceira posição com 54.854.

Restando 12 minutos para o final da atividade, Giovinazzi superou a dupla da Ferrari ao anotar 54s845, Lando Norris era o segundo colocado com 54s606. Os últimos minutos na pista foram bem agitados, com mais pilotos trabalhando nas voltas de classificação.

O desempenho da AlphaTauri com Pierre Gasly era muito bom, o piloto conseguiu assumir a terceira posição. A Alfa Romeo foi superada por Renault, McLaren, Red Bull e Racing Point, caindo desta forma para a décima primeira posição e naturalmente a dupla da Ferrari também deixou o Top-10.

A Ferrari vai realizar a troca do motor de Sebastian Vettel neste GP, a equipe começou a trabalhar no carro do alemão nos últimos minutos da sessão. Pietro Fittipaldi será punido com a troca do motor.

A McLaren parece que apresentou uma melhora após uma sexta-feira complicada em Sakhir onde o time estava lidando com a falta de ritmo e a queda do desempenho.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados