ColunistaFórmula 1Post

Max Verstappen lidera TL1 em Baku, acompanhado pela dupla da Ferrari

A sessão foi bem movimentada, Verstappen ocupou a primeira posição. Destaque para o grid bem misturado nesta sessão

A primeira atividade realizada nesta sexta-feira (04) foi bem movimentada, os pilotos aproveitaram para testar os pneus e realizar testes aerodinâmicos. Também foi um bom momento para ver os pilotos reconhecendo a pista na busca por encaixar o melhor tempo, enquanto tentavam encontrar o melhor traçado no circuito já que o Circuito de Baku ainda estava um pouco verde.

Max Verstappen liderou a atividade, anotando 1m43s184 de pneus macios. A dupla da Ferrari surpreendeu nesta sessão, já que não são os favoritos deste fim de semana, mas Charles Leclerc ocupou a segunda posição com 1m43s227, enquanto Carlos Sainz era o terceiro colocado com 1m43s521.

Sergio Pérez é uma boa aposta para o circuito, o piloto fechou a atividade na quarta posição. O mexicano já esteve em dois pódios em Baku, desta forma muitas pessoas acreditam que ele pode ter um bom resultado neste fim de semana, além disso ele está com a Red Bull, um bom carro para este circuito.

O grid segue bem misturado, basta ver Daniel Ricciardo na quinta posição, acompanhado por Pierre Gasly e Lewis Hamilton. O Top-10 ainda contou com Lando Norris na oitava posição, seguido por Valtteri Bottas e Kimi Raikkonen. Ainda é difícil tirar alguma conclusão desta sessão. 

Nesta sexta-feira os carros vão retornar para a pista às 9h pelo horário de Brasília para a realização do segundo treino livre.

Saiba como foi o Primeiro Treino Livre

A atividade começou em Baku, no Azerbaijão com 48°C na pista e 26°C no ambiente.

Rapidamente os carros foram enviados para a pista, aproveitando que não tinha muito vento naquele momento. Sergio Pérez estava fazendo testes aerodinâmicos, o piloto tinha uma grelha de aferição aerodinâmica instalada do lado esquerdo do seu carro. Lando Norris também estava realizando testes para a McLaren, mas a equipe espalhou o flow-vis, também na parte traseira esquerda do carro.

Os primeiros tempos começaram a aparecer na pista Carlos Sainz estava na liderança da atividade com 1m46s706 utilizando os pneus duros, acompanhado por Charles Leclerc com 1m47s701 que também estava trabalhando com os pneus duros.

Com dez minutos de sessão, a pista estava bem cheia, com quase todos os pilotos completando voltas no circuito. Pérez não tinha tempo aferido ainda, mesmo realizando testes para a Red Bull.

Os carros estavam com vários tipos de pneus em pista Mick Schumacher estava com os pneus médios, enquanto Lewis Hamilton tinha os pneus macios instalados – o piloto da Mercedes era o sexto colocado com 1m47s411.

O primeiro tempo aferido por Max Verstappen passava dos dois minutos, foi apenas pouco tempo depois que o piloto foi buscar um tempo melhor e ocupou a sexta posição com 1m46s220. O holandês estava fazendo alguns testes aerodinâmicos para a Red Bull, com um pouco de flow-vis espalhado em algumas pequenas partes do carro.

Com 15 minutos de atividade, Hamilton assumiu a ponta da sessão, anotando 1m45s112, acompanhado de Lando Norris que anotou 1m45s637.

Quando a sessão completou 20 minutos, os dez primeiros eram: Hamilton, Verstappen, Norris, Leclerc, Vettel, Sainz, Ricciardo, Alonso, Stroll e Bottas. O inglês da Mercedes anotou 1m43s893, enquanto o holandês tinha 1m44s851, separados por 0s968.

Alguns pilotos se encaminharam para os boxes realizando uma pequena pausa. Mas Verstappen permaneceu no circuito melhorando o seu tempo para 1m44s098 e foi a vez de Pierre Gasly levar o carro da AlphaTauri para a terceira posição com 1m45s182, os dois estavam utilizando os pneus médios.

Com quase 30 minutos de atividade, Yuki Tsunoda passou reto pela área de escape da curva quatro, provocou uma bandeira amarela localizada, mas enfrentou um pouco de dificuldades para conseguir retornar para o circuito.

Nos últimos 20 minutos de atividade foi possível ver os pilotos dando uma atenção maior aos pneus macios e médios. Ricciardo conseguiu colocar o MCL35M na primeira posição com 1m43s732. O piloto do australiano estava em busca de um melhor desempenho neste fim de semana.

Lando Norris tinha tudo para bater o tempo de Daniel Ricciardo, mas o piloto da McLaren cometeu um erro quando a traseira do carro se perdeu na curva 16. Pouco tempo depois foi a vez de Lewis Hamilton que também estava em volta rápida, usar a área de escape da curva 15 quando cometeu um pequeno erro.

Enquanto outros pilotos cometiam erros, a dupla da Ferrari aproveitou o momento para liderar a atividade, Leclerc anotou 1m43s227, separado de Sainz por 0s294. Os dez primeiros eram: Leclerc, Sainz, Ricciardo, Hamilton, Norris, Verstappen, Gasly, Stroll, Pérez e Vettel.

A Ferrari mostrava uma ótima performance nesta primeira atividade no Azerbaijão, mas o mesmo não estava acontecendo com a Alfa Romeo. Kimi Raikkonen demorou para aparecer na sessão, encaixando um tempo interessante nos últimos dez minutos quando anotou 1m44s943 com os pneus macios e passou a ocupar a décima primeira posição.

Vale dizer que os dez primeiros colocados da atividade estavam com os pneus macios instalados. Fernando Alonso na décima primeira posição estava trabalhando com os pneus médios.

Os últimos minutos foram marcados por vários erros, Miki Schumacher, Valtteri Bottas e Lando Norris acabaram usando as áreas de escape do circuito quando não conseguiram completar a curva.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados