ColunistaFórmula 1Post

Max Verstappen domina classificação e conquista pole para o GP da Estíria

Verstappen dominou a classificação, conquistou a pole e deixou Lewis Hamilton sem reação no circuito austríaco

Max Verstappen cravou a sexta pole da carreira neste sábado (26) depois de anotar 1m03s841, uma volta espetacular registrada por ele. O holandês estava construindo o seu resultado, principalmente após demonstrar muita velocidade durante os treinos livres.

Lewis Hamilton não conseguiu bater o piloto da Red Bull, mesmo liderando o TL3. A volta do inglês foi 1m04s067, depois de cometer um erro no seu último giro. Valtteri Bottas até conseguiu a segunda posição quando anotou 1m04s035, mas com a punição adquirida depois do TL2, perderá três posições no grid de largada do domingo.

Bom resultado para Lando Norris que completou a classificação em quarto lugar e começa do terceiro lugar. Mas Daniel Ricciardo mais uma vez ficou preso no Q2.

Sergio Pérez ficou com o quinto lugar, as classificações dele não são tão incríveis, mas ele consegue se recuperar na corrida, devemos ficar ligados no desempenho do mexicano neste domingo.

Pierre Gasly teve mais uma boa classificação e obteve o sexto lugar. Charles Leclerc levou um dos carros da Ferrari para o Q3 e ficou com o sétimo lugar, superando Yuki Tsunoda, Fernando Alonso e Lance Stroll.

A largada do GP da Estíria ocorre neste domingo às 10h pelo horário de Brasília.

Saiba como foi a Classificação

A pista estava na casa dos 54°C, com 25°C no ambiente. A temperatura aumentou com relação a todas as sessões que foram realizadas no Red Bull Ring.

A dupla da Haas e Nicholas Latifi foram os primeiros liberados para o circuito, todos apostando nos pneus macios para tentar disputar o Q2.

O piloto da Williams foi o primeira a completar uma volta cronometrada, com 1m05s963, acompanhado por Mick Schumacher com 1m06s041. Os pilotos estavam bem próximos, Pierre Gasly cravou 1m05s019, acompanhado por Yuki Tsunoda com 1m05s136.

Lando Norris foi o primeiro piloto a virar na casa de 1m04s, mas foi superado por Max Verstappen que cravou 1m04s489. Com pouco mais de oito minutos para o encerramento do Q1, a pista ficou bem cheia e alguns pilotos já estavam enfrentando o trânsito, buscando um espaço para virar a sua volta rápida.

Com todos os pilotos completando ao menos uma volta cronometrada, os dez primeiros eram: Verstappen, Bottas, Norris, Hamilton, Leclerc, Gasly, Tsunoda, Alonso, Latifi e Stroll. Na zona de eliminação era possível ver, Russell, Raikkonen, Schumacher e Mazepin. O finlandês da Alfa Romeo acabou cometendo um erro e passou pela brita.

Nos últimos três minutos os pilotos retornaram para o circuito. O final foi bem movimentado, Latifi quase conseguiu passar para o Q2, Ocon foi eliminado e Raikkonen não conseguiu uma volta melhor. Daniel Ricciardo se livrou por pouco.

Eliminados

16) Nicholas Latifi – 1m05s175
17) Esteban Ocon – 1m05s217
18) Kimi Raikkonen – 1m05s429
19) Mick Schumacher – 1m06s041
20) Nikita Mazepin – 1m06s192

Q2

Nesta segunda parte da atividade, os pilotos apostavam nos pneus médios para completar as suas voltas, afinal, são os compostos que os dez primeiros vão começar o GP da Estíria. Valtteri Bottas teve a liderança provisória pois anotou 1m04s724, mas rapidamente Max Verstappen cravou 1m04s540, enquanto Lewis Hamilton tinha a quarta posição com 1m05s386, após cometer um erro, mas o inglês tinha fechado a volta atrás de Russell com 1m04s942.

Pierre Gasly foi para a ponta com 1m04s429, com pneus macios. Enquanto Verstappen tinha 1m04s433 depois de melhorar o seu tempo. Lando Norris aparecia na terceira posição com 1m04s453.

Com a breve pausa nos boxes para se preparar para a próxima saída, os dez primeiros era: Gasly, Verstappen, Bottas, Norris, Pérez, Hamilton, Tsunoda, Stroll, Alonso e Sainz.

Nos últimos três minutos, vários pilotos instalaram os pneus macios, mas Hamilton seguia com os pneus médios. Russell conseguiu a décima primeira posição, enquanto Carlos Sainz também foi eliminado e ficou com a décima segunda posição. Enquanto Daniel Ricciardo só obteve a décimo terceiro lugar.

Pérez completou a volta com os pneus macios, anotando 1m04s197 e vai largar com estes compostos.

Eliminados

11) George Russell – 1m04s671
12) Calos Sainz – 1m04s800
13) Daniel Ricciardo – 1m04s808
14) Sebastian Vettel – 1m04s875
15) Antonio Giovinazzi – 1m04s913

Q3

Hamilton foi o primeiro a ser liberado para a pista, pegando a pista livre com os pneus macios para fazer a sua primeira volta na disputa pela pole. O inglês anotou 1m04s205 e retornou para os boxes.

Max Verstappen completou a sua volta com 1m03s841, liderando a sessão com folga, pois tinha 0364 de vantagem para Hamilton. Os dez primeiros eram: Verstappen, Hamilton, Norris, Bottas, Pérez, Gasly, Leclerc, Tsunoda, Alonso e Stroll. O piloto da Aston Martin não tinha tempo aferido ainda.

Hamilton completou uma segunda volta rápida, com outro jogo de pneus macios e registrou 1m04s067. A distância entre ele e o holandês foi reduzida para 0s226. O finlandês da Mercedes se encontrou com Yuki Tsunoda que estava lento, o incidente foi anotado para depois do encerramento da classificação ser verificado. 

Max Verstappen cravou a pole na Áustria com 1m03s841. Valtteri Bottas terminou na segunda posição com 1m04s035, mas tem uma punição com a perda de três posições no grid. Hamilton foi o terceiro colocado, pois cometeu um erro na sua volta. Lando Norris ficou com a quarta posição e Sergio Pérez, completando o Top-5.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados