ColunistaFórmula 1Post

Luca de Meo afirma: “Quero que Alonso use sua experiência para nos ajudar a crescer”

Alonso foi escolhido pela Renault por conta da sua experiência e feedback, o piloto é essencial para este momento de transição

Fernando Alonso tem um grande papel nesta temporada, a Alpine conta com a experiência do bicampeão mundial de Fórmula 1 para mudar o rumo da equipe. A Renault/Alpine passou por uma fase de restruturação, mudou muita coisa internamente e optou pela contratação do espanhol, não só para a temporada de 2021, mas também para 2022.

Em entrevista concedida para o Top Gear, o CEO da Renault, Luca de Meo fala sobre os objetivos a longo prazo, e que Alonso retorna ao time para ajudar no seu desenvolvimento.

LEIA MAIS: Funções compartilhadas, Alpine decide que não terá um chefe de equipe

“A Renault é a casa do Fernando, mas quero que ele use sua experiência para nos ajudar a crescer. Ele tem um papel diferente daquele de 15 anos atrás. Ele é o ‘padrinho’ de todos. A única coisa que estou pedindo a ele é que nos ajude a nos tornarmos uma equipe de ponta, porque é uma questão de atitude e mentalidade. E ele tem.”

Fernando Alonso na Alpine – Foto: reprodução Alpine

Alonso está no time justamente por conta dos seus feedbacks, a experiência do piloto acaba contribuindo para uma outra leitura do carro:

“O feedback que tive do teste no Bahrein foi que ele levou cerca de 10 voltas para chegar ao limite do carro e começar a dizer, ‘isso ou aquilo não está funcionando’.”

“Nosso foco é dar a ele um carro onde ele possa se divertir. E então você nunca sabe o que acontece em um Grande Prêmio, certo? Talvez a gente precise de um pouco de sorte, mas faremos tudo o que estiver ao nosso alcance por ele e pelo Esteban”, disse.

LEIA MAIS: ANÁLISE – Os pontos fortes e fracos da Alpine

Será um grande desafio para a Alpine nesta temporada, a primeira performance do time não foi surpreendente, mas a disputa do grid intermediário parece estar muito mais acirrada.

Sobre as previsões para a temporada Meo fala: “Não sou mágico, não tenho uma bola de cristal. Minha expectativa é que melhoremos cada vez mais a cada corrida. O verdadeiro desafio começará em 2022, o que não significa que queremos ter uma temporada ruim em 2021. Temos Fernando Alonso, que quer ganhar o tempo todo, e Esteban Ocon que é jovem e não quer perder seu tempo lutando no fim do grid. Precisamos entregar aos pilotos um bom trabalho como equipe.”

A boa impressão

Fernando Alonso e Jarno Trulli – Foto: Renault

Ex-companheiro de equipe de Fernando Alonso na Renault (2003 e 2004), o italiano Jarno Trulli falou um pouco sobre o espanhol no podcast Beyond The Grid. Eles seguem mantendo contato buscando caminhos diferentes.

“Ele não tem mais nada em mente além de guiar. Não consigo imaginá-lo falhando no que fará, e ele ainda está muito em forma.”

O grande ponto de interrogação provavelmente não é quão bom será Fernando; a verdadeira dúvida será quão bom é o seu carro, para que possa colocar Fernando em posição de lutar pelo topo. Tenho poucas dúvidas sobre o Fernando, simplesmente porque ele ainda está extremamente motivado. Vamos cruzar os dedos e esperar que Alpine possa entregar um carro bom o suficiente para dar a ele a chance de aproveitar a temporada 2021”, disse Trulli

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados