ColunistaFórmula 1Post
Tendência

Inscrições para a segunda edição do FIA Girls on Track já começaram

O programa que teve muito sucesso em sua primeira edição, está com as incrições abertas e conta com parceria da CBA no Brasil

As inscrições para a edição de 2021 do FIA Girls on Track – Rising Stars estão abertas, após o sucesso da primeira temporada, a seletiva promovida pela FIA, terá uma segunda edição. No Brasil, o projeto é realizado pela CBA, sob coordenação da pilota Bia Figueiredo.

O programa que tem apoio da Comissão das Mulheres no Automobilismo, está buscando meninas de 11 a 16 anos, que já estão em desenvolvimento no automobilismo. As garotas aqui do Brasil precisam, enviar seus currículos para análise da CBA, que ficará encarregada de inscrever as candidatas. A data limite é 20 de maio, o currículo precisa estar em inglês e deve ser feito em formulário específico.

Em 2020, o brasil teve duas finalistas no Girls on Track, Julia Ayoub e Antonella Bassani foram submetidas a diversos testes. As garotas ficaram perto de conquistar uma vaga na Academia de Pilotos Ferrari, além da chance de disputar a F4, mas após vários testes, a vaga ficou com Maya Weug. Doriane Pin que também foi uma das finalistas, segue em desenvolvimento no automobilismo. 

“As meninas brasileiras já provaram grande talento no Girls on Track do ano passado, pois Julia Ayoub e Antonella Bassani foram fabulosas, disputando inclusive a grande final”, disse Bia, que não esconde seu entusiasmo.

“Tenho certeza de que, novamente, teremos atuação de destaque e estou muito empolgada em participar desse programa como membro da CBA, depois da nomeação pelo presidente Giovanni Guerra, que é um entusiasta da participação feminina no automobilismo”.

A edição passada recebeu mais de 145 inscrições, meninas de vários países foram encaminhadas para uma outra seletiva com 20 meninas. As fases eliminatórias foram realizadas até chegar à final, onde elas passaram por treinamento intenso em Maranello. Neste ano o prêmio é o mesmo, um contrato com a Academia de Pilotos Ferrari e participação no campeonato de Fórmula 4 homologado pela FIA.

É uma oportunidade de mudar a base do automobilismo e estimular outras mulheres neste esporte. A primeira edição elevou o nível de testes realizados com as mulheres, Weug foi um destaque por ter superado números de meninos que já passaram pela Ferrari.

Confira a nossa entrevista com as finalistas do Girls On Track:

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados