ColunistaFórmula 1Post

Hamilton lidera dobradinha da Mercedes no Bahrein, com Pérez na terceira posição

A primeira atividade no Bahrein foi bem movimentada e contou com o domínio da Mercedes, mesmo trabalhando com diversos compostos durante o TL1

A primeira atividade realizada nesta sexta-feira (27) no Bahrein foi bem movimentada, principalmente por conta dos testes realizados com os pneus que ajudaram os pilotos a registrar boas marcas. Lewis Hamilton foi o mais rápido da sessão, após anotar 1m29s033, enquanto Valtteri Bottas ficou separado por 0s449 do companheiro de equipe. Os pilotos começaram a rodar na casa de 1m32s e os tempos foram evoluindo. 

É difícil determinar a posição dos times em pista, já que eles utilizaram várias gomas de pneus nesta atividade, mas a sessão terminou com Sergio Pérez na terceira posição, seguido por Carlos Sainz em quarto. A AlphaTauri esteve em grande parte da atividade brigando pelas primeiras posições, mas Pierre Gasly terminou em quinto, enquanto Daniil Kvyat acabou despencou para o décimo sétimo lugar.

A dupla da Red Bull ficou com a sexta e sétima posição, com Max Verstappen, seguido por Alexander Albon. A dupla da Renault ficou entre os dez, com Esteban Ocon em oitavo, enquanto Daniel Ricciardo foi o décimo e entre eles era possível ver Lance Stroll com o segundo carro da Racing Point. A Ferrari melhorou um pouco as suas posições antes do encerramento da atividade, mas eram apenas o décimo primeiro e décimo segundo – Charles Leclerc acompanhado por Sebastian Vettel. Os pilotos da equipe italiana estavam com dificuldade de encaixar boas voltas no circuito.

Robert Kubica que participou da sessão no assento de Kimi Raikkonen foi o décimo terceiro colocado.

A Fórmula 1 retorna ao 12h para a realização do segundo treino livre.

Saiba como foi o Primeiro Treino Livre no Bahrein

Robert Kubica e Roy Nissany estavam participando do TL1, o piloto da Alfa Romeo substituiu Kimi Raikkonen enquanto o piloto da Williams esteve no assento de George Russell.

Durante estes dois treinos livres de sexta-feira, os pilotos precisam realizar algumas voltas com os pneus da Pirelli que vão ser utilizados na próxima temporada, desta forma foi possível ver Lance Stroll, Kevin Magnussen, Lando Norris, Romain Grosjean e Sergio Pérez já saíram com o composto na volta de instalação. No Bahrein os pilotos vão testar o C3 e em Abu Dhabi os pilotos vão conhecer o C4.

Com cinco minutos os primeiros tempos começaram a aparecer, Bottas era o líder com 1:31.736. O finlandês estava utilizando os pneus duros, enquanto Alexander Albon registrou 1:32.874, ocupando a terceira posição com os pneus da Pirelli para testes.

Os tempos seguiam melhorando, Hamilton assumiu a ponta com 1:31.014 e ele também apostava nos pneus duros. As equipes estavam aproveitando o circuito para realizar alguns testes, Vettel e Ocon eram vistos com as grades de aferição aerodinâmica, enquanto outras equipes realizavam as suas análises com o flow-vis.

Na Alfa Romeo era possível observar o time realizando testes com os pneus médios e duros, Giovinazzi estava com os pneus de faixa amarela e ocupava a sétima posição anotando 1:32.585, com Kubica em nono ao anotar 1:32.956. Hamilton havia completado 10 voltas com os pneus duros e se mantinha na ponta com 1:30.503.

Separado por 0s517 era possível ver Kvyat com os pneus macios, seguido por Pierre Gasly em terceiro com 1:31.102.

Com a conclusão da primeira meia hora, os dez primeiros eram: Albon, Hamilton, Verstappen, Grosjean, Kvyat, Gasly, Bottas, Ricciardo, Sainz e Magnussen. Pouco depois Hamilton e Bottas passaram a testar os pneus da próxima temporada, o inglês assumiu a ponta com 1:30.133, seguido pelo companheiro de equipe que tinha 1:30.277. Enquanto Grosjean era visto rodando ao informar que os seus compostos já haviam acabado.

 

Bottas sempre tinha muita dificuldade e já havia travado a roda em diversas voltas, tanto com os pneus convencionais, quanto com os pneus novos.

Grande parte dos pilotos utilizavam os pneus macios e assim era possível ver Pérez superando Bottas ao anotar 1:30.277.

As voltas deletadas acabavam acontecendo por conta dos limites de pista que foram implementados. Pierre Gasly e Valtteri Bottas disputavam a ponta da sessão, como restavam cerca de 40 minutos para o término da sessão, era possível ver vários pilotos abandonando os pneus de teste oferecidos pela Pirelli.

A chuva já havia aparecido antes do início do treino livre e nos últimos minutos de atividade os radares apontavam o retorno dela em alguns pontos do circuito.

Restando 30 minutos para o final da sessão, os dez primeiros eram: Hamilton, Bottas, Pérez, Gasly, Verstappen, Albon, Stroll, Sainz, Grosjean e Magnussen.

A McLaren enviou Lando Norris para o circuito com o flow-vis espalhado no lado esquerdo do carro, ele seguia ocupando a décima sexta posição.

 

O treino foi bem movimentado por conta dos testes dos pneus que os pilotos precisaram realizar, no entanto as equipes também tiveram que avaliar os compostos deste fim de semana, já que eles têm uma goma mais macia se comparados aos pneus do ano passado. As temperaturas ficaram na casa dos 28°C.

A Mercedes liderou a atividade com Lewis Hamilton, seguido por Bottas e Sérgio Pérez. Sebastian Vettel conseguiu a décima posição nos últimos minutos de atividade na pista. Os últimos minutos foram destinados a voltas em modo de simulação de corrida. 

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados