ColunistaDestaquesFórmula 1

Hamilton lança comissão para promover diversidade no automobilismo

O hexacampeão segue na luta para mudar o cenário do automobilismo

Foto: Daimler 

Lewis Hamilton anunciou o lançamento da “A Comissão Hamilton”, que tem como objetivo trabalhar para incentivar uma maior diversidade no automobilismo, assim como o nosso mundo real é.

O anúncio veio dias após Hamilton se tornar o embaixador dos Objetivos Gerais e após os inúmeros protestos globais em apoio ao #BlackLives Matter.

Em entrevista ao jornal britânico The Sunday Times, o hexacampeão de Fórmula 1 disse: “Eu tenho lutado contra o estigma do racismo ao longo da minha carreira de piloto, desde criança jogavam coisas em mim enquanto andava de kart, fui provocado por fãs com o rosto pintado de preto, em um Grande Prêmio de 2007, em um das minhas primeiras corridas de Fórmula 1”.

“Estou acostumado a ser uma das poucas pessoas de cor nas equipes e, mais do que isso, estou acostumado à ideia de que ninguém vai falar por mim quando eu enfrentar o racismo, porque ninguém sente ou entende pessoalmente minha experiência”, acrescentou Hamilton.

“Na maioria das vezes, eles nem veem e, se veem, deixam o medo de dizer a coisa errada atrapalhar.

“Apesar do meu sucesso no esporte, as barreiras institucionais que mantiveram a F1 altamente exclusivas persistem. Não basta apontar para mim, ou para uma única nova contratação negra, como um exemplo significativo de progresso. Milhares de pessoas estão empregadas nesse setor e esse grupo precisa ser mais representativo da sociedade.”

É por este motivo que Hamilton disse que queria iniciar a Comissão Hamilton, em parceria com a Royal Academy of Engineering.

. Uma parceria de pesquisa que será dedicada “a explorar como o automobilismo pode ser usado para envolver e ser o veículo para mais jovens negros, na área de Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática e finalmente empregá-los nas equipes em diversos setores”, disse Hamilton

“O tempo para banalidades acabou”, concluiu ele. “Espero que a Comissão Hamilton permita mudanças reais, tangíveis e mensuráveis. Quando olho para trás em 20 anos, quero ver o esporte que deu a um garoto tímido e negro da classe trabalhadora de Stevenage tantas oportunidades, tornar-se tão diverso quanto o mundo complexo e multicultural em que vivemos.”

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados