ColunistaFórmula 1Post

Hamilton e Mercedes lançam iniciativa para apoiar a diversidade no esporte

Com a Comissão Hamilton e criação e junção de outros projetos, Mercedes e Hamilton fornecem outras alternativas para ajudar grupos minoritários

Lewis Hamilton mostra cada vez mais o seu comprometimento com o futuro do automobilismo, o piloto está engajado em projetos sociais e buscando a transformação deste meio. Agora, junto com a Mercedes o inglês lançou o Ignite, uma iniciativa com o objetivo de apoiar e incentivar grupos minoritários, visando a diversidade e inclusão no automobilismo.

Com base no que foi apontado pela Comissão Hamilton, mas também com a vontade da Mercedes de proporcionar um futuro mais diverso na indústria, eles pretendem aumentar o número de talentos e dar mais chances para essas pessoas no automobilismo. O Ignite será financiada por Hamilton e pela Mercedes.

“O Ignite complementará o programa Accelerate 25 da nossa equipe. Por meio dessas plataformas, esperamos ver muito mais talentos de grupos sub-representados se juntarem à nossa equipe e seguirem carreiras na indústria do automobilismo em geral”, disse Toto Wolff.

A Comissão Hamilton, junto a Royal Academy of Engineering, divulgaram uma pesquisa ampla onde investigaram as causas para a falta de negros no esporte. 

LEIA MAIS: Comissão Hamilton é um grande passo para promover a diversidade no automobilismo

“A Mercedes apoia a minha ambição há muito tempo de melhorar a diversidade e a inclusão na indústria automobilismo. Estou tão entusiasmado que, por meio do Ignite, podemos trabalhar formalmente juntos para alcançar isso. As descobertas da Comissão de Hamilton nos forneceram uma base fantástica para começar nosso trabalho, e estou confiante de que o Ignite resultará em mudanças reais e palpáveis no automobilismo. Por 15 anos, fui um dos poucos negros na Fórmula 1 e estou orgulhoso de que meu trabalho com a Mercedes vai mudar isso para melhor”, disse Hamilton.

A Mercedes quer ter mais funcionários diversos – Foto: reprodução

Lewis Hamilton fez uma doação pessoal de £20 milhões (cerca de R$142 milhões) , o dinheiro investido será usado para apoiar a educação STEM (ciência, tecnologia, engenharia e matemática), fornecendo um programa de bolsas de estudos com a Mission44.

Os dois projetos vão caminhar juntos com o Accelerate 25, um outro projeto onde a Mercedes deseja aumentar o percentual de negros de 3% para 25% até 2025. No entanto, a Mission busca chamar a atenção para as outras minorias e a falta de representatividade, gerando também oportunidades no automobilismo.

Com o lançamento da Comissão Hamilton os time começaram a observar que também podem dar mais oportunidade. A Fórmula 1 lançou pouco depois a criação de bolsas de estudos para as minorias, ajudando a modificar o futuro da categoria.

Escute o nosso podcast! 

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados