Post

GP da Áustria – Depois de investigações, Raikkonen, Mazepin e Latifi são punidos

Batida de Raikkonen com Vettel, faz comissários analisarem grid depois do encerramento do GP da Áustria. Três pilotos são punidos

O GP da Áustria não terminou com a bandeirada que deu a vitória para Max Verstappen, dez pilotos foram investigados depois da corrida, por conta do incidente que ocorreu na última volta da prova. 

A primeira resolução, foi o incidente entre Kimi Raikkonen e Sebastian Vettel, o piloto da Alfa Romeo estava atacando George Russell. Pouco depois de perder contato, Vettel investiu em uma ultrapassagem, foi quando Raikkonen tocou o rival. Eles acabaram na brita da curva cinco. Os dois não estavam disputando pontos, mas o incidente foi notado e investigado pelos comissários.

Raikkonen recebeu a punição de 20 segundos, além de dois pontos na superlicença, totalizando 6 pontos em 12 meses.

O movimento feito por George Russell também foi analisado, mas o dono do carro #63 não foi punido.

LEIA MAIS: Os pilotos com pontos de penalização na temporada 2021 da Fórmula 1

Por conta desta batida, os comissários tiveram que investigar outros pilotos por ignorar as bandeiras amarelas. Foram eles: Sergio Pérez, Carlos Sainz, Charles Leclerc, Antonio Giovinazzi, Daniel Ricciardo, Pierre Gasly, Nikita Mazepin e Nicholas Latifi. Destes pilotos, apenas dois foram punidos, o russo da Haas e o canadense da Williams. Os dois pilotos tiveram 30 segundos acrescentados ao seu tempo final, por terem ignorado as bandeiras duplas amarelas na curva 5.

Os dois também foram penalizados com a perda de três pontos na superlicença. Mazepin conta agora com 5 pontos na superlicença, enquanto Nicholas Latifi conta com seis – estes pontos são válidos por um período de doze meses.

Outras punições

Na relargada do GP da Áustria, Lando Norris acabou tirando Sergio Pérez da pista, quando o mexicano tentou realizar uma ultrapassagem. Como o piloto da McLaren não deixou espaço para o piloto da Red Bull, o incidente rendeu uma punição. Os comissários aplicaram cinco segundos de penalidade que a McLaren cumpriu prontamente durante o pit-stop.

LEIA MAIS: Verstappen vence de forma dominante GP da Áustria em mais uma performance surpreendente

Mas ele rendeu a perda de dois pontos na superlicença fazendo o piloto da McLaren somar 10 pontos e ficar próximo de uma suspensão. Norris já conquistou três pódios para a equipe nesta temporada.

Sergio Pérez fez um movimento semelhante ao aplicado por Lando Norris, mas o mexicano estava disputando a posição com Charles Leclerc. Pérez jogou o monegasco duas vezes para fora da pista, nas últimas voltas do GP da Áustria. O mexicano perdeu 4 pontos na superlicença, dois por cada um dos incidentes, desta forma ele conta agora com 8 pontos na superlicença – também válidos por um período de 12 meses.

Os pilotos que somarem 12 pontos na superlicença, ficam suspensos por uma corrida. Como a última temporada começou mais tarde, o risco para alguns é alto.

Depois das punições aplicadas o Grid ficou definido desta forma – Foto: reprodução FIA
Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados