ColunistaFórmula 1Post

FP2 Abu Dhabi – Hamilton supera Vettel para assumir a liderança na segunda sessão

A segunda sessão de treinos livres, contou com Hamilton na liderança ao obter 1:37:877, seguido por Sebastian Vettel, onde a diferença deles ficou em apenas 0s149, Daniel Ricciardo apareceu na terceira posição, logo depois de melhorar a sua volta, já que em uma das suas tentativas em busca da volta rápida se sentiu prejudicado por Grosjean da Haas e ainda mostrou um dedo do meio para o francês que foi capitado na transmissão da Fórmula 1.

Sebastian Vettel que foi o líder da primeira sessão não ficou distante do inglês e mostra a consistência da equipe na pista.

Alonso novamente esteve no top-10, justamente ocupando a décima posição. A sessão foi marcada pelo simulação de corrida nos 40 minutos finais da prova, sem fornecer alteração nas posições obtidas, mas os pilotos aproveitaram para testar os compostos ultramacios e supermacios ao máximo.

lll Saiba como foi o FP2

https://twitter.com/F1/status/934044589035573248

No segundo treino livre realizado já no entardecer em Abu Dhabi, Fernando Alonso foi o primeiro a deixar o pit-lane e utilizava os pneus supermacios, no entanto o espanhol completou apenas uma volta de instalação e retornou para os boxes.

A sessão foi marcada com muitos carros na pista, já que os pilotos estavam andando no mesmo horário que será realizada a classificação no sábado (25) e a corrida no domingo, então foi o cenário perfeito para que os pilotos e equipes tivessem a oportunidade de conhecer um pouco da situação que vão enfrentar nos próximos dias na pista.

Os pilotos da Haas foram os primeiros a registrar tempo, com Grosjean em primeiro (1:42:490) e Magnussen em segundo com 1:43:511. Não demorou muito para a Ferrari também entrar na pista e Vettel tinha 1:40:739 e Raikkonen superava o seu companheiro de equipe ao marcar 1:40:224.

A medida que a Mercedes avançava na pista, Bottas subia para segundo com 1:40:412 e Vandoone com os ultramacios, roubava a segunda posição do finlandês da Mercedes com 1:40:224, já Raikkonen seguia melhorando e tinha 1:39:908, mas instantes depois era superado por Hamilton com 1:39:720.

O treino estava movimentado e a Red Bull com Daniel Ricciardo subia para a segunda posição ao marcar 1:39:760 e Vettel era o terceiro com 1:39:761.

Vandoorne que vinha fazendo um bom treino era visto perdendo o controle do carro logo depois de rodar na curva 20, no entanto o seu carro apagou e o piloto precisou reiniciar o sistema para conseguir retornar para a pista e voltar para os boxes.

https://twitter.com/F1/status/934049716836462592

Quando o treino já estava atingindo os primeiros 30 minutos, Bottas era o primeiro a calçar os pneus ultramacios e assumir a ponta momentaneamente com 1:38:609, já que Lewis Hamilton não demorou muito tempo para adotar os compostos e registrar 1:37:877. Vettel também melhorava e passava a ocupar a segunda posição com 1:38:026 e Raikkonen tinha o terceiro lugar com 1:38:352.

Ricciardo que estava em quinto se sentia prejudicado por Grosjean e mostrava o dedo do meio para o francês em imagens captadas pela própria Fórmula 1, mas pouco tempo depois o australiano conseguia melhorar a sua marca e ocupar o terceiro lugar com 1:38:180.

Restando pouco mais de 40 minutos para o termino da sessão os pilotos investiram no ritmo de corrida, com stints mais longo e investindo na utilização dos compostos ultramacios e supermacios.

A sessão acabou com Hamilton liderando, Vettel em segundo e Ricciardo ocupando a terceira posição.

https://twitter.com/F1/status/934067517076713473

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo