AutomobilismoColunistaFórmula 1

FP1 Abu Dhabi – Sebastian Vettel coloca Ferrari na ponta

Chegamos a última etapa da Fórmula 1 e desta vez vamos passar o final de semana em Abu Dhabi. O líder do campeonato está definido, mas alguns pilotos ainda brigam por uma melhor colocação. Neste primeiro treino Sebastian Vettel colocou a Ferrari na ponta ao cravar 1:39:006 superando o inglês por 0s120 e Max Verstappen ocupava o terceiro lugar com a Red Bull. O tempo do alemão foi obtido na meia hora final da sessão, enquanto muitos pilotos já optavam andar em um ritmo mais lento.

Fernando Alonso foi o que mais demorou para entrar na pista, mas conseguiu se colocar entre os dez, ocupando a sétima posição com Vandoorne em oitavo.

lll Saiba como foi o FP1

https://twitter.com/F1/status/933983996429721600

Como de costume a primeira sessão de treinos livres contou com a presença de pilotos como Antonio Giovinazzi no lugar de Kevin Magnussen na Haas e acabou testando o Halo, novo equipamento de segurança que deve estar presente nos carros, para a próxima temporada.  George Russel que a Mercedes está de olho nesta jovem promessa, ficou no lugar de Esteban Ocon na Force India. Já mostrando o foco nos carros do ano que vem a Ferrari deu algumas voltas na pista com um sensor aplicado na parte traseira do seu carro.

https://twitter.com/F1/status/933984890277724160

Rapidamente a pista foi ocupada pelos pilotos, mas não havia uma preferência pela escolha dos pneus, tínhamos carros com os compostos médios, supermacios e ultrmacios. Bottas foi o primeiro a ter o tempo cronometrado e registrou 1:44:180 com os supermacios, mas pouco tempo depois era superado por Lewis Hamilton com 1:41:664 usando os pneus médios, enquanto os outros pilotos ainda estavam nas voltas de instalação.

Hamilton se mantinha na liderança mesmo quando Daniel Ricciardo colocou os pneus ultramacios e obteve a segunda posição com 1:41:581, contra Lewis que havia melhorado a sua volta e tinha 1:41:581. Felipe Massa da Williams passou a ocupar o terceiro lugar também com os pneus roxos com 1:42:042.

Raikkonen entrava na pista com os ultramacios para assumir a ponta com 1:40:638 e Ricciardo superava o inglês com 1:40:958.

Sebastian Vettel levou um tempo maior para se encaminhar para a pista e em suas primeiras voltas o piloto da Ferrari ocupou o sétimo lugar, mas continuou em busca a sua volta rápida, até que conseguiu registrar o segundo tempo ao marcar 1:40:698 e Raikkonen que se mantinha em primeiro havia melhorado para 1:39:841.

Restando pouco menos de 50 minutos para o termino da sessão, os carros da Mercedes que estavam nos boxes retornavam para a pista e a dobradinha que era da Ferrari, passava para as mãos das flechas de prata, com Hamilton na liderança após registrar 1:39:126. Com Bottas em segundo 1:39:741 e Fernando Alonso era o único sem tempo cronometrado.

Foi Max Verstappen que colocou a sua Red Bull entre os carros da Mercedes ao marcar 1:39:154, enquanto isso Nico Hulkenberg rodava na curva 14 e Antonio Giovinazzi pouco tempo depois na curva 17. Mas a sessão de rodadas na pista não havia acabado e era a vez de Russel perder a traseira da sua Force India.

https://twitter.com/F1/status/933998682965454848

https://twitter.com/F1/status/933999404012507137

https://twitter.com/F1/status/934000518229299205

A medida que o final da sessão se aproximava foi um pouco mais raro ver voltas rápidas na pista, exceto por Sebastian Vettel que tomou a dianteira ao marcar 1:39:006 passando a ser o líder da sessão e Fernando Alonso que deixava os boxes para as suas primeiras voltas, conseguindo se colocar entre os 10.

https://twitter.com/F1/status/934006678177112065

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo