AutomobilismoColunistaFórmula EPost

Fórmula E anuncia MINI Pacessetter Elétrico como Safety Car 

O novo carro de segurança da categoria fará sua estreia nessa temporada e será o Safety Car oficial ao lado do BMW i Roadster

Na segunda-feira (29), a Fórmula E anunciou o MINI Pacessetter Elétrico como o novo Safety Car da categoria. 

O MINI não é estranho ao automobilismo com seu segmento de carros de performance da John Cooper Works. O MINI Electric é a fusão de genes de corrida e mini carros de estrada icônicos, combinando inovação totalmente elétrica com alta performance, fácil manuseio e espírito de diversão.

A Fórmula E existe para incentivar o progresso humano sustentável através das corridas elétricas, compartilhando o valor fundamental do MINI de responsabilidade com o mundo em que operamos. 

O MINI mostrará o futuro elétrico de linha John Cooper Works nas corridas de Fórmula E ao lado dos principais fabricantes automotivos do mundo. Essa escolha reforça o papel fundamental da Fórmula E na aceleração do desenvolvimento e adoção de veículos elétricos.

“Agilidade, desempenho e um carro legal. O MINI Pacesetter Elétrico tem tudo”, foi o que disse Bruno Correia, piloto de Safety Car da FIA.

The MINI Electric Pacesetter: A Formula-E First – YouTube

Jamie Reigle, diretor executivo da Fórmula E, disse: “A Fórmula E e o MINI são conhecidos por serem originais, imprevisíveis e acessíveis a todos. Compartilhamos uma mentalidade global progressiva e estamos comprometidos com um futuro totalmente elétrico. 

“Estamos ansiosos para ver o MINI tomar conta das ruas das icônicas cidades-sede da Fórmula E, demonstrando o desempenho dinâmico e o apelo urbano dos veículos totalmente elétricos.”

MINI Pacesetter Elétrico. Divulgação: Fórmula E.

O chefe da MINI, Bernd Korber, afirmou que: “Já mostramos como a diversão e a mobilidade elétrica vão bem junto com a MINI Electric. No entanto, o MINI Electric Pacesetter inspirado na JCW vai pelo menos um passo adiante e mistura o caráter de performance da marca John Cooper Works com a mobilidade elétrica.

“Esta versão extrema do MINI Electric foi desenvolvida como o Safety Car na Fórmula E, por isso claramente não se destina a ser usado em vias públicas, mas revela uma das direções que poderíamos tomar com a eletrificação da marca JCW. Para mim, a mensagem é clara: a eletrificação e a John Cooper Works são um bom ajuste.”

Oliver Heilmer, chefe da MINI Design, disse: “O design é uma simbiose emocionante de precisão técnica e emoção. Aqui, a função dita a forma, e muitos elementos de design foram moldados por considerações técnicas.

“Trabalhamos em estreita colaboração com nossos colegas da BMW Motorsport para desenvolver a forma dos arcos das rodas e dos aventais dianteiros e traseiros, e o programa de otimização para eles incluiu medidas de economia de peso. Esta linguagem de design visualmente impressionante e tecnicamente precisa dá ao carro sua sensação generalizada de engajamento emocional e excitação.”

 

Mostrar mais

Cinthia Venâncio

Cearense que acompanha Fórmula 1 desde que se entende por gente. Faz aniversário no mesmo dia do Damon Hill.

Deixe uma resposta

Artigos relacionados