ColunistaFórmula 1Post

Fórmula 1 divulga novos gráficos que vão ser utilizados durante as transmissões das corridas

A categoria inova mais uma vez para auxiliar os telespectadores

Foto: F1

A Fórmula 1 divulgou novos gráficos que vão ser utilizados durante a temporada de 2020, o desenvolvimento ocorreu após uma parceria com a Amazon Web Services e eles já vão estar disponíveis para o GP da Áustria.

A categoria costuma aperfeiçoar os gráficos para auxiliar os telespectadores durante a transmissão, conforme a necessidade de uso eles vão apresentando estatísticas sobre chances de ultrapassagem, desgaste dos pneus, pit-stops…

Para não sobrecarregar a transmissão com as novidades em um primeiro momento, eles vão ser revelados ao longo da temporada, na Áustria o ‘Car Performance Score’ – Pontuação sobre a Performance do carro- que consiste em mostrar em tempo real o desempenho diferente entre os carros, com base na performance obtida nas curvas de baixa, alta e o desempenho nas retas.

Os dados para a composição destes gráficos, vão ser obtidos pelos 300 sensores disponíveis em casa carro de Fórmula 1, o que é coletado é enviado para os boxes.

Os outros gráficos são:

Ultimate Driver Speed Comparison – Comparação de Velocidade entre os Pilotos: será disponibilizada em Silverstona, durante a corrida dos 70 anos, ele analisará as médias de velocidade de pilotos atuais e os do passado, utilizando dados coletados a partir de 1983;

High-Speed/Low-Speed Corner Performance: na Bélgica, serão apresentados os gráficos de velocidade nas curvas de alta e baixa, onde o público vai poder entender como cada piloto ataca a curva, onde as altas o piloto realiza com velocidades acima dos 175 km/h, enquanto as de baixa não passam dos 12 km/h;

Para a segunda metade da temporada eles querem divulgar outros três gráficos:

Driver Skills Rating: consiste em divulgar notas para as habilidades de cada piloto, identificando o “melhor conjunto” em pista. Ele se baseia em notas obtidas durante classificação, largada, ritmo de corrida, gerenciamento dos pneus, ultrapassagem e defesa;

Car/Team Development & Overall Season Performance: este mostraria a performance dos carros ao longo da temporada, com base nas classificações e corridas;

Qualifying and Race Pace Predictions: este promete fazer previsões para as posições dos pilotos, com os dados obtidos durante os treinos e as classificações, podendo prever o desempenho deles durante a classificação e corrida.

O engenheiro chefe da F1, Rob Smedley disse: “Essas visões sobre a F1 que estamos desenvolvendo trazem os fãs mais próximos de uma pista do que jamais estiveram, e revelam histórias que não eram contadas a partir do pit”.

“Estamos animados por estar expandindo essa relação bem sucedida, dando vida a ainda mais dados, permitindo aos fãs que se aprofundem de um modo similar ao feito por pilotos e equipes em busca pelo sucesso”.

 Este é mais um complemento, recomendamos a utilização do aplicativo da Fórmula 1. 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados