ColunistaFórmula 1Post

FIA modifica sistema de pontuação para conquista da superlicença

Por conta da pandemia, a FIA precisou rever o regulamento que trata sobre a conquista da superlicença

Por conta da pandemia provocada pelo coronavírus, algumas competições que geram pontos para a superlicença não foram realizadas e para não prejudicar os pilotos, a FIA confirmou a mudança no sistema de pontos.

Os pilotos precisavam acumular 40 pontos em um periodo de três anos, mas após a reunião do Conselho Mundial a Motor, ficou definido que os pilotos podem obter a pontuação necessária para a superlicença em um período de quatro anos.

“Por conta da situação global, a janela em que os pilotos podem marcar pontos para a superlicença foi prorrogada de três para quatro anos. O maior número de pontos acumulados em um período de três anos ou em quatro anos que inclui 2020 será levado em consideração”, informou o comunicado da FIA.

O comunicado também fala sobre os pilotos que não vão alcançar os 40 pontos “por conta de uma situação que não estava em seu controle ou por motivos de força maior”, estes pilotos terão a oportunidade de o caso ser avaliado pela FIA.

No entanto, os pilotos precisam ser obtidos no mínimo 30 pontos e mostrar uma excelente condução em monopostos para serem analisados pelo novo regulamento.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Um Comentário

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: