ColunistaFórmula 1Post

Equipes com motor Mercedes foram bem durante a classificação

Racing Point e Williams além da fornecedora de motores se destacaram na sessão

Obter uma boa posição para a largada do GP da Hungria é algo muito importante, pois não é uma prova com muitas ultrapassagens e é bem legal ver o quanto as equipes se dedicam durante uma classificação.

Sim é o momento de mostrar todo o potencial, não deixar o carro sobrar pelos limites de pista e foi isso que Lewis Hamilton fez ao conquistar a 90ª pole da carreira. O piloto com o W11 obteve duas boas voltas. Valtteri Bottas esteve em uma boa performance, mas o inglês tirou aquele um pouco a mais, utilizando os mesmos jogos de pneus do companheiro.

Williams e Racing Point

Vale ressaltar o desempenho daqueles que possuem o motor Mercedes no grid, a Williams também foi uma revelação da classificação, pois George Russell e Nicholas Latifi conseguiram passar para o Q2, com boas voltas que cada um registrou no circuito.

E não tem como falar sobre o motor Mercedes e não falar sobre a Racing Point, a equipe que vem crescendo cada vez mais também utiliza os mesmos motores da atual líder do campeonato. Neste sábado a dupla obteve o terceiro e quarto lugar, com Lance Stroll puxando a dobradinha da equipe.

O canadense e o mexicano vão largar com os pneus médios e devem permanecer mais de 30 voltas até realizar a troca para outro composto. O time precisa de um pouco de sorte, pois quando estavam bem na pista ocorreu algum revés durante as últimas provas.

Voltamos a necessidade de se ter cuidado nesse circuito pois as ultrapassagens são difíceis e arriscadas, mas antes de pensar no restante da corrida é necessário sobreviver a primeira curva do circuito.

Ferrari e seu inferno astral

O time italiano havia planejado algumas atualizações para a Hungria, adiantaram algumas atualizações de componente para a Estíria e agora estão trabalhando com mais atualizações. Era esperado um melhor desenvolvimento do time na pista italiana, desta forma Sebastian Vettel e Charles Leclerc obtiveram o quinto e o sexto lugar.

Após o resultado desastroso na Estíria onde os dois carros abandonaram é natural que eles busquem por pontos com mais afinco nesta corrida.

É necessário dizer que a Red Bull está enfrentando problemas no circuito e desta forma Max Verstappen vai largar atrás do time italiano, mas foi um bom movimento para eles.

E com as chances de chuva as estratégias podem mudar rapidamente pois este clima favorece enumeras apostas, fiquem ligados na corrida de amanhã.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados