ColunistaFórmula 1

Em casa, Hamilton lidera de ponta a ponta e aproveita para diminuir a diferença no campeonato com Vettel fora do pódio

Mais uma corrida emocionante nesse final de semana. As duas ultimas voltas do Grande Prêmio da Inglaterra contaram com vários pilotos enfrentado problemas com o desgaste dos pneus e necessitando realizar mais uma parada nos boxes.

Hamilton acabou liderando a prova de ponta a ponta e garantindo 25 pontos para tornar a disputa pelo título mais acirrada. Ninguém imaginava que Sebastian Vettel acabaria com um pneu furado e perdendo posições no grid. O sétimo lugar do alemão da Ferrari, fez com que a diferença entre ele e Lewis Hamilton ficasse em apenas um ponto e Bottas agora está a apenas 23 pontos de Vettel, entrando assim também para a briga pelo disputa do título de 2017.

Mais uma vitória de Hamilton em casa, a quinta na sua carreira, sendo a quarta seguida, agora o inglês acabou igualando ao mesmo número de vitórias de Jim Clark e Alain Prost.

https://twitter.com/F1/status/886579093411684353

Uma grande corrida de Valtteri Bottas e também de Daniel Ricciardo da Red Bull. O finlandês da Mercedes que havia perdido cinco posições pela troca de câmbio e largou em nono, terminou a corrida na segunda posição, já o australiano que largou em décimo nono, aparecia em quinto depois da bandeirada final.

ll Saiba como foi a corrida

Depois de ter problemas na classificação, Daniel Ricciardo ainda trocou a caixa de câmbio e recebeu uma punição de perda de cinco posições no grid, mas Alonso tinha mais punições e com menos 25 lugares no grid acabou largando do ultimo lugar.

Palmer já enfrentava problemas na volta de apresentação e ficava parado no canteiro da pista e a primeira volta da corrida era abortada.

https://twitter.com/F1/status/886557378161856513

Na largada Vertstappen tentava ganhar a posição de Vettel, mas o alemão fazia de tudo para segurar o holandês, porém as investidas de Verstappen acabaram surtindo efeito e ele fez a ultrapassagem ainda na primeira volta.

https://twitter.com/F1/status/886557869046476801

Ainda na primeira volta Kvyat e Sainz estavam disputando posição e Sainz levou a pior na disputa com o companheiro e era fim de prova para ele. Os carros da Williams largavam bem e ganhavam as posições dos carros da Toro Rosso, que foram despencando na largada. Ocon conseguia superar o seu companheiro de equipe e pular para sexto tentando atacar Hulkenberg. O mexicano ainda perdia a posição para Bottas.  

O Safety car acabou entrando na pista devido a batida entre Sainz e Kvyat e permaneceu até a quinta volta quando tivemos a relargada. 

https://twitter.com/F1/status/886558845308416000

Bottas já ganhava a sexta posição e seguia escalando o grid, o finlandês que havia largado em nono já fazia uma melhor corrida do que a de Hamilton na Áustria.

Na oitava volta tínhamos a disputa pelo décimo sexto e pelo décimo sétimo lugar com os carros da Sauber. Bottas ganhava a posição de Hulkenberg e Sebastian Vettel já se aproximava de Max Verstappen para tentar recuperar a sua posição perdida.

https://twitter.com/F1/status/886561212317790208

Daniel Ricciardo que havia largado de décimo nono já era visto em décimo quarto. Kvyat recebia a punição de Driving Through por ter voltado para a pista de forma não segura, porém o incidente entre ele e o companheiro de equipe que estava sendo investigado, nas ultimas corridas Kvyat vem agindo como um torpedo.

Hamilton seguia na ponta fazendo voltas rápidas e já abrindo quase 4 segundos de vantagem para Raikkonen. Na volta catorze Vettel quase recuperava a posição e os dois disputavam roda com roda, Vettel conseguia momentaneamente colocar o carro na frente e dar a sensação que ganharia a posição mas Verstappen acabou revidando e mantendo o terceiro lugar. Com a disputa dos dois Bottas se aproximou deles e Vettel tomava um pouco de distância de Max já que o seu carro acabou saindo um pouco de traseira.

https://twitter.com/F1/status/886564013169049600

Sebastian Vettel voltava a atacar o piloto da Red Bull quase duas voltas depois e o holandês seguia defendendo a posição. Enquanto isso o outro piloto da Red Bull disputava com Felipe Massa e superava o brasileiro na pista. O piloto da Ferrari acabava reclamando das mudanças de trajetória de Verstappen, mas logo em seguida Vettel desistia da briga e entrava nos boxes para fazer a troca de pneus, voltando com os compostos macios.

https://twitter.com/F1/status/886565816719814658

https://twitter.com/F1/status/886566436239552514

Verstappen era chamado na volta seguinte para fazer a troca de pneus e era a vigésima volta, com isso Sebastian Vettel ganhava a posição do holandês já que a Red Bull acabou demorando no seu pit-stop. Bottas ficava com a pista livre e assumia a terceira posição podendo abrir distância para tentar ficar no pódio ao final da corrida.

Esteban Ocon era o primeiro piloto da Force India a fazer a troca dos pneus e voltava em décimo sexto, mas poucos pilotos haviam parado até o momento, e era apenas a volta 22. Alonso também fazia a sua parada e voltava em décimo oitavo. Na volta seguinte Lance Stroll da Williams fazia a sua troca e voltava com pneus supermacios.

Na volta 24 era a vez de Sergio Pérez fazer a sua troca e na volta seguinte Kimi Raikkonen era chamado pela equipe e também voltava com os pneus macios e na frente de Vettel. Dos ponteiros Hamilton e Bottas eram os únicos que não haviam parados, mas a Mercedes já chamava o inglês para colocar os novos compostos e conseguia voltar ainda na primeira posição mas praticamente em cima do companheiro de equipe.

Com 28 voltas os únicos pilotos que ainda não haviam parado eram, Valtteri Bottas, Ricciardo, Ericcson e Wehrlein. Kvyat era chamado para os boxes e já tomava uma volta.

Valtteri Bottas parava na volta 33 e voltava com pneus supermacios e na quarta posição e Ricciardo era o ultimo a ir para os boxes e retornava com pneus macios em décimo lugar. Alonso era chamado para os boxes pois a sua McLaren novamente apresentava perda de potência e mais uma vez o espanhol abandonava a corrida, com problemas no motor do seu carro. Ricciardo fazia a sua parada e voltava em décimo e seguia escalando o pelotão e na volta 36 ele já aparecia em sétimo.

https://twitter.com/F1/status/886572444403867650

Com dez voltas para o final a classificação era: Hamilton, Raikkonen, Vettel, Bottas, Verstappen, Hulkenberg, Ricciardo, Ocon, Pérez e Massa.

Os pilotos começavam a reclamar de bolhas nos pneus. Bottas encostava em Vettel e os dois começavam a brigar pelo terceiro lugar. Vettel quase perdia a posição depois de uma travada de roda, mas o alemão conseguia se manter na frente. E na volta 44 Bottas conseguia ultrapassar Vettel.

https://twitter.com/F1/status/886574848314626048

https://twitter.com/F1/status/886575426927292416

https://twitter.com/F1/status/886575426927292416

Ericsson atacava Grosjean e conseguia ganhar a posição do Francês, que acabou reclamando da manobra do piloto da Sauber.

O finlandês da Mercedes começava a dar voltas rápidas na pista e já começava a se aproximar de Kimi Raikkonen, restavam apenas 4 voltas para o final.

O pneu de Raikkonen acabou com duas voltas para o final e ele teve que ir para os boxes, com isso Vettel ganhava a posição do finlandês. Com os mesmos problemas de pneu, Verstappen também parava nos boxes mas conseguia voltar na quinta posição.

https://twitter.com/F1/status/886577746280935425

Mas a volta final da corrida ainda reservava uma reviravolta, Vettel acabava com o pneu furado e perdia o pódio, se arrastando até os boxes da equipe, fazer uma troca e conseguir retornar para a pista e garantir assim o sétimo lugar. 

https://twitter.com/F1/status/886578055124275201

Com o sétimo lugar de Vettel a diferença no campeonato diminuía ainda mais e agora era de apenas um ponto. Bottas que está aproveitando todas as oportunidades também entrou para a briga pelo título, que agora está com apenas 23 pontos de diferença para o líder que ainda é Sebastian Vettel. A corrida na Hungria vai ser muito disputada e vamos lembrar ainda sobre a troca de peça do motor que Vettel ainda precisa realizar e por consequência vai acabar perdendo posições no grid de largada.

https://twitter.com/F1/status/886578275375620101

https://twitter.com/F1/status/886579578436825088

https://twitter.com/F1/status/886596273926803458

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo