ColunistaFórmula 1Post

Dupla da Red Bull domina terceiro treino livre em Abu Dhabi

A dupla da Red Bull estava trabalhando para melhorar o último setor. Os pilotos conseguiram atingir o resultado desejado e dominaram o último treino livre do ano

O último treino livre de 2020 foi realizado neste sábado (12) mas não foi tão agitada como as outras sessões que ocorreram no circuito durante a sexta-feira. Por ser realizada em um horário que foge da realidade da classificação e corrida, as equipes pouparam o equipamento, mas ainda trabalharam em algumas voltas rápidas. O foco principal esteve na utilização dos pneus macios.

A dupla da Red Bull estava focada em melhorar o último setor, o trabalho foi realmente duro pois Max Verstappen e Alexander Albon focaram nas voltas rápidas. O holandês conseguia melhorar a volta cada vez mais e ficou com a ponta após anotar 1m36s251. O tailandês conseguiu uma boa volta nos últimos minutos, subindo para a segunda posição com 1m36s725, para formar a dobradinha da Red Bull.

O terceiro lugar ficou com Daniel Ricciardo e Esteban Ocon que melhoraram os seus tempos nos últimos minutos. A dupla da McLaren ocupou o top-10 com Lando Norris em quinto e Calos Sainz na oitava posição.

Os pilotos da Mercedes estiveram na pista e até brigaram pela ponta, mas com a sessão partindo para o encerramento, outros pilotos tiveram a chance de melhorar as suas voltas, superando os tempos estabelecidos por eles. Hamilton fechou no sexto lugar e Valtteri Bottas foi o nono colocado. Um top-10 composto por várias duplas não poderia faltar os pilotos da Racing Point, Lance Stroll foi o sétimo colocado, com Sergio Pérez na décima posição.

A Fórmula 1 retorna às 10h (pelo horário de Brasília) para a realização da classificação.

Saiba como foi o Terceiro Treino Livre em Abu Dhabi

Na pista a temperatura estava na casa dos 38°C, com 25°C no ambiente. Está será a última sessão de ajustes do ano, os pilotos vão focar nas voltas rápidas, pois em poucas horas vão realizar a classificação.

Mesmo com a liberação do pit-lane, os pilotos não deixaram os boxes imediatamente. Foi apenas com quase 20 minutos de sessão já liberada que os primeiros carros passaram a ocupar a pista. Nicholas Latifi, Kevin Magnussen, Pietro Fittipaldi, Antonio Giovinazzi e Kimi Raikkonen foram para o circuito utilizando os pneus macios. A temperatura do asfalto tinha reduzido um grau.

O piloto da Williams foi o primeiro aferir tempo, anotando 1m39s812 de pneus macios. Pouco depois apareceu Fittipaldi com 1m40s137, com Magnussen na terceira posição. Na sequência, Givinazzi assumiu a ponta com 1m39s190, mas outros pilotos já estavam se preparando para cronometrar a sua primeira volta. Alexander Albon saltou para a ponta com 1m37s536, Lando Norris ocupava a segunda posição com 1m37s967, investindo nos pneus médios. Apenas a dupla da Racing Point estava utilizando os pneus com faixa amarela.

A primeira volta de Hamilton foi lenta, mas pouco depois o piloto anotou 1m37s561, na ponta era possível ver a dupla da Red Bull.

Com a conclusão da primeira meia hora, os dez primeiros eram: Verstappen, Albon, Hamilton, Bottas, Norris, Leclerc, Pérez, Ricciardo, Gasly e Ocon. Sainz não tinha tempo aferido ainda, mas estava na busca pela sua primeira volta rápida, para assumir a oitava posição com 1m30s080.

Verstappen reduziu o seu tempo no terceiro setor e anotou 1m36s734, permanecendo na ponta. Hamilton surgiu na segunda posição com 1m37s307.

Restando 20 minutos para o encerramento da atividade, foi possível ver a Mercedes liberando os pilotos mais uma vez para o circuito, a dupla seguia investindo nas voltas com os pneus macios. Hamilton voltou a ocupar a segunda posição com 1m37s012, acompanhado pelo finlandês que anotou 1m37s225.

A dupla da Ferrari também estava trabalhando com voltas rápidas. Leclerc era o quarto colocado com 1m37s270, enquanto Vettel era o sexto colocado com 1m37s728, ainda de pneus macios. Russell surpreendeu ao aparecer na sétima posição, o piloto da Williams conseguiu dominar o primeiro setor do circuito, deixando-o roxo e pouco depois ele anotou 1m37s886.

Os últimos dez minutos foram mais agitados, com vários pilotos seguindo para o circuito trabalhando ainda nas voltas rápidas. As posições se alternavam nesta briga. Ricciardo saltou para a segunda posição, enquanto Norris era o terceiro colocado. Carlos Sainz assumiu a quinta posição e Russell seguia perdendo espaço quando outros pilotos aferiam outras voltas rápidas.

Alexander Albon reclamava do setup adotado pela Red Bull, o tailandês permanecia na nona posição enquanto Verstappen melhorava o seu tempo mais uma vez com 1m36s251. Na volta seguinte Albon registrou 1m36s752 para assumir a segunda posição, completando a dobradinha da equipe na ponta.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo