ColunistaFórmula 1Post

Desenvolver o VF-21 seria ”uma loucura completa”, afirma Guenther Steiner

O VF-21 é o carro de 2020, com as modificações necessárias para participar da temporada 2021, sem grandes modificações

Provavelmente a brigada da Haas com a Williams é o que vamos ver nesta temporada 2021. Focados no carro de 2022, Guenther Steiner diz que seria uma ‘’loucura completa’’ investir dinheiro no desenvolvimento do carro deste ano, já que mudanças tão importantes estão por vir.

Algumas equipes com mais chance de disputar o campeonato de 2021 e com mais poder aquisitivo não mediram esforços e investiram tempo para além de adaptar os carros seguindo o regulamento deste ano, também focaram no desenvolvimento.

O VF-21 é o mesmo carro do ano passado, mas que sofreu as modificações necessárias para competir nesta temporada, como os ajustes que foram realizados no assoalho. A Haas se quer gastou os tokens de desenvolvimento para aperfeiçoar alguma coisa. Eles estão encarando como um ano de transição.

“O único desenvolvimento que fizemos foi nos adaptar às regras deste ano, então você não pode esperar que o carro melhore. Com a mudança da regra, o carro realmente piorou à medida que retiramos o downforce então é o caso do pouco você pode fazer?”, disse Steiner.

Günther Steiner – Foto: reprodução Haas

O nono lugar do campeonato de construtores foi o máximo que a Haas conseguiu em 2020, para melhorar ele, seria necessário investir muito dinheiro e recursos. Algo sem sentido, já que em 2022 os times começam zerados, com todos tendo chances de disputar o campeonato e obter uma performance muito melhor.

LEIA MAIS: Como cada equipe usou os tokens de desenvolvimento da temporada 2021?

“Sempre fui muito franco porque o carro é o que é este ano. Quando começamos o desenvolvimento em novembro do ano passado, sabíamos que não poderíamos melhorá-lo. Por que você desperdiçaria dinheiro? O carro estava ruim em 2019, não melhorou muito em 2020 e de repente para que investimos um ano de desenvolvimento em um carro que só fará 23 corridas? Quer dizer, isso seria uma loucura completa na minha opinião.”

“Então, como todos sabem, precisamos limitar os gastos, mas você sempre tenta tirar o melhor proveito do carro. Você não diz: ‘Eu não quero mais’.”

A Haas ainda vai trazer algumas atualizações, eles programaram algumas peças para este início de temporada que não ficaram prontas para o Bahrein, mas serão instaladas para a corrida em Imola.

“Em algum momento, você pergunta – se você investir muito em, seremos o sexto? Não. Vamos ser o sétimo? Não. O melhor que podíamos almejar era o oitavo e então é o caso de, vale mesmo a pena investir seu futuro nos próximos seis meses e perder de vista os próximos cinco anos? Não.”

Em 2022 a Haas quer voltar ao que era em 2018, com chances de brigar pelo meio do pelotão, mas agora não é o caso.

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados