ColunistaFórmula 1Post

Classificação Estíria – Hamilton conquista pole diante de pista com pouca visibilidade

Os pilotos enfrentaram o tempo ruim e realizaram a sessão mesmo com a forte chuva

A classificação foi agitada! A chuva voltou instantes antes da sessão começar e precisou ser adiada, mas mesmo com todos os problemas ela foi realizada. Não eram voltas alucinantes em questão de tempo, mas extremamente disputadas, pois as condições no circuito mudavam rapidamente.

Com a visibilidade prejudicada, em uma pista que exige buscar o limite, os pilotos batalharam pelas posições. Antes de falar do pole, vale ressaltar o desempenho de George Russell que obteve a décima segunda posição com a Williams. Também vale mencionar o desempenho ruim da Racing Point, Sergio Pérez não passou do Q1, enquanto Lance Stroll larga amanhã do décimo terceiro lugar, a equipe não se encontrou com a chuva torrencial.

Agora o pole. Lewis Hamilton vai largar da primeira posição, o piloto anotou 1:19.273, tempo obtido após uma sequência de voltas rápidas. Max Verstappen estava na disputa, mas por ter rodado na última volta teve que se contentar com a segunda posição, após anotar 1:20.489.

Carlos Sainz levou a McLaren a terceira posição com 1:20.671. Lando Norris fechou em sexto, mas por conta da punição, vai largar da nona posição. Valtteri Bottas foi o quarto colocado, seguido por Esteban Ocon que travou uma ótima disputa pelas primeiras posições. Alexander Albon foi o sétimo, com o segundo carro da Red Bull.

Pierre Gasly figurou entre os três primeiros, mas justamente por conta de as condições em pista mudarem rapidamente, teve que se contentar com a oitava posição, mas ela é definitivamente um ótimo lugar para a AlphaTauri. Daniel Ricciardo foi o nono, acompanhado por Sebastian Vettel da Ferrari. Charles Leclerc foi o décimo primeiro, não conseguindo passar do Q2, o time italiano fez péssimas escolhas durante a classificação.

A Fórmula 1 retorna amanhã as 10h10 pelo horário de Brasília para a realização do GP da Estíria.

Saiba como foi a Classificação

Q1

Após 46 minutos de espera a classificação teve início, pois a chuva diminuiu um pouco pelo circuito. Antes dos boxes serem liberados, se formou uma fila no pit-lane. Todos os pilotos utilizavam os pneus para chuva extrema. Vettel liderava a saída, mas da traseira de seu carro formava muito spray.

Vettel era o líder com 1:24.235, acompanhado por Giovinazzi com 1:24.336. O pessoal do final do pelotão se dava bem com a classificação, Latifi e Russell chegaram a ficar entre os dez primeiros. Restando dez minutos para o final do Q1 as posições eram: Verstappen, Bottas, Leclerc, Hamilton, Ocon, Norris, Raikkonen, Gasly, Kvyat e Vettel.

As posições se alteravam rapidamente e diferente de uma classificação comum os pilotos não retornavam para os boxes, para trocar os pneus. Bottas passou a ponta com 1:19.734, seguido por Verstappen com 1:20.621.

Grosjean era o único piloto sem tempo aferido, o piloto extravasou os limites quando não conseguiu frear com o carro e por fim retornou aos boxes. 

Restando cinco minutos para o final, os pilotos na zona de eliminação eram: Russell, Pérez, Gasly, Giovinazzi e Grosjean. Mas Russell surpreendia após anotar 1:20.382 e subir para a nona posição. Giovinazzi perdeu o carro e acabou batendo no murro de contenção. A Williams conseguia avançar com Russell que obteve a décima segunda posição. 

O Q1 terminou em regime de bandeira vermelha, após o italiano ficar parado na pista.

Eliminados

16) Kimi Raikkonen 1:21.372
17) Sergio Pérez 1:21.607
18) Nicholas Latifi 1:21.759
19) Antonio Giovinazzi 1:21.831
20 Romain Grosjean – Sem Tempo

Q2

Novamente uma fila se formou no pit-lane, os pilotos buscavam a melhor posição para ir para a pista. Todos utilizavam os pneus de chuva extrema mais uma vez. Bottas liderava a sessão com 1:19.006, enquanto Leclerc ocupava a segunda posição com 1:20.490.

As posições se alteravam rapidamente, Russell tentava se manter entre os dez, mas as disputas por uma melhor posição ficavam mais intensas.

Restando cinco minutos para o término da classificação, os pilotos na zona de eliminação eram: Leclerc, Russell, Stroll, Kvyat e Magnussen. Hamilton liderava o Q2 com 1:17.825, acompanhado por Verstappen com 1:17.938, seguido por Norris com 1:18.448.

A chuva havia aumentado no circuito, mas Gasly havia melhorado para a quinta posição com 1:18.744. Leclerc era eliminado, a Ferrari queimou os dois pneus de chuva extrema, pois tinha receio dos pilotos não passarem do Q1. 

Eliminados

11) Charles Leclerc 1:19.628
12) George Russell 1:19.636
13) Lance Stroll 1:19.645
14) Daniil Kvyat 1:19.717
15) Kevin Magnussen 1:20.211

Q3

Os pilotos se posicionaram mais uma vez no pit-lane para realizar a última parte da classificação. Verstappen abriu a tabela de tempos com 1:21.800, acompanhado por Hamilton com 1:22.065, seguido por Bottas com 1:22.224. Ocon era o quarto colocado, seguido por Ricciardo, Albon, Vettel, Norris, Gasly e Sainz.

Os pilotos permaneciam na pista para obter uma volta melhor, Hamilton conseguiu bater o tempo do holandês da Red Bull com 1:21.272. Gasly surpreendia com uma boa volta, deixando o nono lugar para ser o terceiro colocado com 1:21.679.

Norris assumia a posição a frente do piloto da AlphaTauri com 1:21.678.

Restando menos de três minutos para o final, as posições eram: Verstappen, Hamilton, Bottas, Gasly, Albon, Sainz, ocon, Norris, Vettel e Ricciardo. Mas o inglês da Mercedes tinha um desempenho excepcional e conseguiu registrar 1:19.702. Bottas na terceira posição tinha 1:21.011, Alexander Albon obteve o mesmo tempo que o finlandês, mas por registrar depois, ficava atrás do piloto da Mercedes.

Os últimos minutos da classificação foram alucinantes, com os pilotos tentado obter a melhor volta possível, mas Max Verstappen acabava rodando no último setor, perdendo a chance de melhorar o tempo de Hamilton.

Não satisfeito Hamilton melhorou para 1:19.273, Verstappen obteve a segunda posição e Carlos Sainz foi o terceiro colocado com 1:20.671, obtendo mais uma boa posição para a McLaren. Lando Norris foi o sexto colocado, mas amanhã larga da nona posição, pois foi punido com a perda de três posições no grid de largada.

 

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados