ColunistaFórmula 1Post

Classificação Áustria – Valtteri Bottas supera Hamilton e conquista primeira pole do ano

Ferrari fica distante dos líderes da sessão, Vettel é eliminado no Q2

Após liderar os três treinos livres, Lewis Hamilton vai largar da segunda posição, pois Valtteri Bottas obteve a pole após anotar 1:02.939. O finlandês e o inglês cometeram erros durante a última volta, Hamilton melhorou para 1:02.951, mas não foi suficiente para superar o companheiro de equipe.

Max Verstappen obteve a terceira posição, acompanhando pela surpreendente quarta posição de Lando Norris, entre a dupla da Red Bull com Alexander Albon na quinta posição. A Racing Point confirmou uma boa performance com Sergio Pérez em sexto e Lance Stroll com a nona posição.

Infelizmente para a Ferrari não foi um bom dia, Charles Leclerc obteve apenas a sétima posição, enquanto Sebastian Vettel não conseguiu avançar para o Q3 e ficou apenas com a décima primeira posição.

Carlos Sainz larga da oitava posição, com Daniel Ricciardo em décimo, que foi atrapalhado pela escapa de Bottas, pois no setor a bandeira amarela foi acionada.

O GP da Áustria tem início às 10h10 pelo horário de Brasília, neste domingo.

Saiba como foi a Classificação

A temperatura na pista estava na casa dos 54°C, com 25°C no ambiente.

Q1

Assim que os boxes foram liberados, Latifi se encaminhou para a pista, o piloto havia batido durante o TL3, mas o carro ficou pronto para a sessão. O piloto abriu a tabela de tempos com 1:07.208, mas logo depois Giovinazzi tomava a ponta com 1:05.478, com Raikkonen em 1:05.569, todos utilizando os pneus macios.

Russell superou o companheiro de equipe com 1:05.592, mas outros pilotos começavam a aferir os seus primeiros tempos da sessão. Stroll abriu 0s800 para o tempo obtido pela Alfa Romeo, com 1:04.678.

A Renault foi a última a enviar os pilotos para a pista e com os primeiros tempos registrados pela dupla, Daniel Ricciardo era o décimo primeiro, com Esteban Ocon em décimo segundo.

Com todos os pilotos com tempo aferido, Max Verstappen era o líder com 1:04:326, acompanhado por Sainz com 1:04.537 e Pérez em terceiro com 1:04.543. Com o segundo tempo de Hamilton, o inglês passou a ocupar a segunda posição com 1:04.435.

Os pilotos que estavam na zona de eliminação eram: Raikkonen, Magnussen, Russell, Grosjean e Latifi.

Restando cerca de dois minutos para o final do Q1 os pilotos, os pilotos retornavam para a pista. Stroll assumiu a ponta após anotar 1:04.309. Tirando Albon, todos os pilotos estavam na pista tentando uma melhor volta, Verstappen saltou para a primeira posição, acompanhado por Bottas e Hamilton.

Antonio Giovinazzi cometeu um erro, perdendo um pouco o carro e desta forma não melhorou o seu tempo, ficando apenas na décima oitava posição.

Eliminados

16) Kevin Magnussen 1:05.164

17) George Russell 1:05.167

18) Antonio Giovinazzi 1:05.175

19) Kimi Raikkonen 1:05.224

20) Nicholas Latifi 1:05.757

 

Q2

 

A Mercedes foi a primeira a partir para a pista e os pilotos investiam nos pneus de faixa vermelha, este são os compostos que os pilotos vão utilizar para a largada. A Red Bull estabeleceu uma estratégia diferente, Verstappen utilizava os compostos médios.

Hamilton era o dono da ponta com 1:03.325, acompanhado por Bottas com 1:03.530. Norris era o terceiro colocado, acompanhado pela dupla da Racing Point com Lance Stroll e Sergio Pérez. A frente da Ferrari ainda era possível ver Ricciardo, só então vinha Leclerc. Com o pneu médio Verstappen era o oitavo, seguido por Sainz e Vettel.

Verstappen não desistiu da utilização do pneu médio e obteve 1:04.000. Albon estava na zona de eliminação, ocupando a décima terceira posição. Na zona de eliminação era possível ver: Gasly, Kvyat, Albon, Ocon e Grosjean.

Novamente quando restavam pouco mais de 2 minutos os pilotos deixaram os boxes, Albon subiu para a terceira posição com 1:03.746, desta forma o tailandês eliminou Sebastian Vettel, que foi empurrado para a décima primeira posição. Charles Leclerc não teve uma performance expressiva, ficou com o décimo lugar.

Eliminados

11) Sebastian Vettel 1:04.206

12) Pierre Gasly 1:04.305

13) Daniil Kvyat 1:04.431

14) Esteban Ocon 1:04.643

15) Romain Grosjean 1:04.691

 

Q3

Novamente os pilotos retornaram para o circuito, todos utilizavam os pneus macios para buscar uma melhor posição de largada e a pole. Bottas detinha a pole temporária com 1:02.939, acompanhado por Hamilton com 1:03.061. Verstappen era visto na terceira posição com Albon em quarto. A McLaren superava a Racing Point em sexto, seguido por Leclerc em sétimo. Norris, Stroll e Ricciardo não tinham tempo, permanecendo mais tempo nos boxes.

Stroll ficou com o tempo de 1:04.029, por só ter um jogo de pneus. Bottas errou na última volta indo para fora da pista, mesmo assim garantiu a pole com 1:02.939, Hamilton também cometeu um erro e teve que se contentar com a segunda posição, ainda que tenha melhorando o tempo para 1:02.951.

Verstappen amanhã vai largar da terceira posição, acompanhado por Norris com uma ótima volta após anotar 1:03.626. Albon garantiu a quinta posição, acompanhado por Pérez, Leclerc, Sainz, Stroll e Ricciardo.

 

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados