Circuito de Yas Marina passa por mudanças em seu layout para gerar mais ultrapassagens

O autódromo que recebe o GP de Abu Dhabi passará por reformas para melhorar as provas e gerar mais chances de ultrapassagem

A Fórmula 1 confirmou nesta quinta-feira (24) as mudanças no traçado de Yas Marina, a última corrida do calendário de 2021. Com o intuito de gerar mais ultrapassagens e melhorar as corridas, o traçado sofrerá alterações em alguns pontos. As obras começarão no meio do ano, para serem finalizadas antes da corrida que está marcada para o dia 12 de dezembro.

Inaugurado em 2009 e recebeu o primeiro GP no mesmo ano, sempre foi muito criticado pela falta de ultrapassagens e ação.

Confira as alterações:

Novo traçado para o GP de Abu Dhabi – Foto: reprodução F1

Deixar a curva 17 mais larga, pode melhorar as oportunidades de ultrapassagem, enquanto a curva 20 gera uma aceleração plena, permitindo uma passagem mais rápida dos carros.

Saif Al Noaimi, CEO da Abu Dhabi Motorsports Management, responsável pelo circuito de Yas Marina, afirma que a intenção é fornecer provas melhores no traçado que encerra a temporada da Fórmula 1.

“Estamos continuamente identificando maneiras em que podemos evoluir, manter nosso produto atualizado e manter o apoio de nossa base de fãs leais.”

“Este programa, que representa um capítulo extremamente importante na história do Circuito Yas Marina, envolverá o trabalho realizado em três seções separadas da pista, aumentando a oportunidade para os pilotos ultrapassarem e ampliando a natureza competitiva de todos os eventos de automobilismo realizados no local.”

“O trabalho acontecerá durante o verão, com a conclusão prevista com bastante antecedência para o Grande Prêmio de Abu Dhabi de Fórmula 1 deste ano, e estamos ansiosos para apresentar nossa nova pista aos fãs do automobilismo local e internacional nos próximos meses.”

Ross Brawn, diretor técnico da Fórmula 1 disse: “Apoiamos totalmente a decisão de fazer mudanças na pista, com o objetivo de melhorar a experiência geral do automobilismo, incluindo o Grande Prêmio de Abu Dhabi, para competidores e espectadores.”

“Dada a sua posição como a corrida de encerramento da temporada de Fórmula 1, é sempre uma data especial no calendário, e com o evento deste ano definido para ser o primeiro na nova pista e a última corrida antes de entrarmos na nova era da F1 em 2022, há um incentivo adicional para esperar pelo espetáculo”, concluiu.

Sair da versão mobile