ColunistaFórmula 1Fórmula 2Post

CHASING THE DREAM – Conheça o “Drive To Survive” da Fórmula 2

Série da F1 TV mostra a saga dos jovens pilotos no campeonato da F2

O ano de 2021 marca a chegada da F1 TV Pro no Brasil. Com isso, a tendência é que mais pessoas passem a assinar o serviço de stream da Fórmula 1, que além de seu vasto arquivo com corridas das temporadas anteriores, também conta com documentários, entrevistas e séries exclusivas. 

Chasing The Dream (Perseguindo Um Sonho) é uma série produzida pela F1 TV, que mostra a rotina das equipes e os pilotos que visam uma vaga na Fórmula 1. Seu formato é semelhante ao que é feito na série da Netflix, Drive To Survive, só que com uma produção menor. Os episódios variam de 20 a 30 minutos de duração e retratam os dramas, as tensões e as conquistas dos jovens pilotos em busca de um espaço na categoria mais prestigiada do automobilismo. 

Como até o momento foram lançadas duas temporadas, é possível ver os acontecimentos de 2019 e 2020, o que torna interessante para quem acompanha a F1, já que alguns destes pilotos já estão no grid da F1 e outros irão estrear este ano. Assim, como há casos de pilotos que se destacaram na F2, mas estão em outras categorias como, por exemplo, Nyck De Vries, que foi campeão da temporada 2019 pela ART Grand Prix e ao invés de entrar para a Fórmula 1, foi para a Fórmula E, onde defende a Mercedes.

LEIA MAIS: ANÁLISE: O que esperar dos estreantes da temporada 2021 da Fórmula 1

Infelizmente, a série ainda não possui legendas em português, mas é esperado que isso mude futuramente, já que com a F1 TV Pro funcionando no Brasil, a tendência é que aos poucos os conteúdos se tornem mais acessíveis.

Mas para facilitar a vida do fã da categoria, se você ainda não viu a série, abaixo o BP traz um mini guia dos episódios para que você possa se inteirar dos acontecimentos que marcam cada episódio.

Lembrando, que não vale reclamar de spoiler, hein? Vem com a gente!

 

Chasing The Dream – Temporada 1

Data de lançamento: 2 de janeiro de 2020

Número de episódios: 5

 

Episódio 1

Todos os olhos estão voltados para o início da temporada 2019 da F2, quando um Schumacher se junta à categoria mais competitiva do mundo.

O primeiro episódio foca na primeira corrida da temporada 2019 da F2, mostrando a preparação das equipes e pilotos para o novo ano.

As principais aparições são Jack Aitken, Nyck De Vries, Nicholas Latifi, Juan Manuel Correa, Luca Ghiotto e a equipe UNI-Virtuosi. Além de todas as expectativas com a chegada de Mick Schumacher na competição.

 

Episódio 2

Nyck De Vries começa a crescer no campeonato, enquanto o novato Anthoine Hubert se destaca quando os pilotos tomam as ruas de Mônaco.

O segundo episódio tem um foco maior no piloto júnior da Renault, Anthoine Hubert e a sua primeira vitória na F2 no GP de Mônaco. Também é mostrado Nicholas Latifi testando o carro da Williams na F1 durante o GP do Canadá e conta com uma pequena participação de Claire Williams.

A equipe DAMS ganha um destaque, bem como os pilotos Sérgio Sette Câmara, Guanyu Zhou, Nobuharu Matsushita e Mick Schumacher.

O episódio mostra os acontecimentos até o GP da Áustria. 

Episódio 3

A batalha pelo campeonato se intensifica à medida que a temporada se aproxima das férias de verão.

A piloto Tatiana Calderón faz a sua primeira aparição neste episódio, que conta com uma participação breve do chefe de equipe da Ferrari, Mattia Binotto.

É mostrado um resumo de diversas corridas da temporada até chegar na etapa da Hungria, onde ocorreu a primeira vitória de Mick Schumacher na F2, também é retratado um pouco da relação de Mick com a Ferrari.

Outros pilotos que têm mais destaque nesse episódio são Luca Ghiotto e Jack Aitken.

Episódio 4

Uma das estrelas mais brilhantes do automobilismo, Anthoine Hubert, é lembrado depois de perder tragicamente a sua vida no circuito de Spa-Francorchamps.

O quarto episódio foca no trágico fim de semana do GP da Bélgica, onde Hubert perdeu a vida.

A BWT Arden, equipe do piloto francês e Tatiana Calderón, que era sua companheira de time, dão declarações emocionantes sobre Anthoine.

A chefe de comunicações da F2, Alexa Quintin, e o comentarista Alex Jacques também dão seus depoimentos e falam da atmosfera que tomou conta da F2 após a fatalidade.

É mostrada a reação de alguns pilotos e membros de equipes da F1, como Esteban Ocon e Lewis Hamilton, que estavam acompanhando a corrida no momento do acidente.

Juan Manuel Correa, que foi quem se chocou com o carro do francês e ficou gravemente ferido, comenta sobre o ocorrido e é possível ver alguns registros do seu processo de recuperação.

Além disso, durante o episódio é exibido diversos momentos do dia a dia de Anthoine Hubert e memórias dele com outros pilotos tanto da F1, quanto da F2, que corriam com ele desde a infância e o impacto que a sua morte teve no automobilismo.

Episódio 5

O holandês Nyck De Vries espera levar o campeonato faltando apenas duas rodadas para o final.

O episódio final mostra as corridas restantes para o fim do campeonato, retratando a tensão entre as equipes e pilotos, passando pelos principais acontecimentos como disputas na pista, abandonos e acidentes.

Nyck De Vries se torna campeão da Fórmula 2, mas mesmo com o título, ele não consegue uma vaga na F1 por possuir menos recursos que outros pilotos do grid. O holandês comenta como se sente em relação a isso e o caminho que decidiu seguir como piloto profissional. 

Nicholas Latifi e Luca Ghiotto, ficam dentro do Top 3 e falam sobre os seus resultados ao longo da temporada e para onde irão depois da F2.

É mostrado alguns dos pilotos que irão permanecer no grid para o ano seguinte e alguns novatos.

A série se encerra com Juan Manuel Correa fazendo uma reflexão sobre tudo o que aconteceu com ele, como está a sua vida depois do acidente em Spa-Francorchamps e ele afirma que ainda tem o sonho de ser um piloto profissional. 

 

Chasing The Dream – Temporada 2

Data de lançamento: 1 de fevereiro de 2021

Número de episódios: 6

Episódio 1 – A Slow Start (Um Começo Lento)

Enquanto o paddock da Fórmula 2 se prepara para a temporada de 2020, uma pandemia mundial interrompe tudo. 

O episódio mostra os problemas com o GP da Austrália, que foi cancelado devido ao avanço da Covid-19 pelo mundo.

É mostrado os bastidores de como a F2 se organizou para poder voltar com o campeonato, enquanto retrata os pilotos em seu período de lockdown com cenas deles em casa. O GP Virtual também foi abordado.

A temporada se inicia na Áustria com a dupla Guanyu Zhou e Callum Ilott da UNI-Virtuosi sendo os principais destaques, enquanto os pilotos ainda tentam se adaptar aos desafios de voltar a correr em uma situação extremamente atípica. 

Episódio 2 – The New Order (A Nova Ordem)

Conheça as academias de pilotos da F1, que possibilitam uma chance maior para aqueles que visam chegar ao topo e claro, os brilhantes novatos da temporada 2020.

O caminho para a F1 é uma jornada longa e sinuosa, mas com a ajuda e orientação de programas para jovens pilotos, alguns têm a garantia de uma chance melhor para chegar lá.

O episódio mostra o contraste da realidade de pilotos que são associados com alguma academia júnior e aqueles que não são.

Há um bom destaque para Felipe Drugovich, que não tem ligação com nenhuma academia, mas que se destaca após a sua vitória na corrida sprint na Red Bull Ring, na Áustria.  

É mostrado a luta de Robert Shwartzman, piloto júnior da Ferrari, para se manter firme após o falecimento de seu pai. 

Yuki Tsunoda, piloto da academia RBR, fala sobre a sua trajetória, inspirações e sonhos.

Um ponto positivo é que, diferente da primeira temporada onde as equipes não se abriram tanto, nesse episódio é mostrado um pouco sobre o trabalho interno das equipes, onde a Carlin, Hitech GP e UNI-Virtuosi mostram as suas sedes e falam sobre as dificuldades enfrentadas por elas devido a grande sequência de corridas.

Episódio 3 – Staking a Claim (Reivindicando um Direito)

Em Budapeste, o estreante Robert Shwartzman assume a liderança do campeonato de pilotos. Callum Ilott, retorna à Inglaterra para se preparar para as corridas em Silverstone.

Aqui o telespectador conhece a trajetória de Callum Ilott e os desafios que enfrentou em seu caminho para a F1. Ao longo de todo o episódio, é mostrado os altos e baixos do piloto britânico na competição, como a volta por cima dada por ele após um desempenho ruim na quarta rodada.

Há depoimentos de Robert Shwartzman e Mick Schumacher sobre seus desempenhos e o trabalho da equipe.

A primeira vitória de Yuki Tsunoda é retratada no episódio, entretanto, alguns outros acontecimentos são completamente ignorados, como o acidente sofrido pelo piloto indonésio, Sean Gelael, que por consequência ficou fora de várias rodadas do campeonato. 

Episódio 4 – Return to Spa (O Retorno a Spa)

 

O episódio leva você aos bastidores do retorno da F2 ao circuito de Spa-Francorchamps, apenas um ano depois dos trágicos eventos de 2019 e da perda de Anthoine Hubert.

No quarto episódio é possível ter uma noção do quanto o acidente com Anthoine Hubert impactou no emocional dos pilotos. Eles relembram do piloto francês e prestam suas homenagens.

Grande parte do episódio é focado em Juan Manuel Correa, que retorna ao paddock acompanhado de sua mãe para uma visita. 

O piloto equatoriano-americano compartilha toda a sua trajetória de recuperação, sendo muito franco sobre todo o sofrimento psicológico e físico que suportou durante o doloroso processo.

Apesar de tudo, Correa conseguiu dar a volta por cima dos traumas sofridos e após um 1 ano e meio longe das pistas, ele confirma que irá voltar ao automobilismo em 2021.

Episódio 5 – Racing DNA (DNA de Piloto)

 

Neste episódio, os filhos dos heróis do automobilismo revelam como é seguir os passos de seus pais e falam da pressão inerente que enfrentam ao ter um sobrenome famoso.

Ter um sobrenome famoso é uma bênção ou uma maldição?

Mick Schumacher, Pedro Piquet, Giuliano Alesi, Christian Lundgaard e Louis Delétraz compartilham as suas histórias.

Esse episódio também mergulha a fundo nas tensões do campeonato, enquanto os comentaristas da F2, Alex Jacques e Alex Brundle, trazem detalhes muito interessantes sobre os jovens pilotos e seus pais, principalmente, ao falar daqueles cujo os pais não são tão lembrados quanto outros – como no caso de Lundgaard e Delétraz.

É encerrado com Mick Schumacher vencendo em Sochi e logo em seguida é mostrado ele em Nürburgring, presenteando Lewis Hamilton com um dos capacetes de seu pai, após o britânico igualar a quantidade de vitórias de Michael.

Episódio 6 – A New Champion (Um Novo Campeão)

Existem seis vencedores diferentes nas últimas seis corridas da temporada e o GP de Sakhir e Bahrein são o palco onde o novo campeão vai ser coroado.

O episódio final é o mais longo da série e cobre o maior acidente do ano – entre Luca Ghiotto e Jack Aitken – logo no início.

O foco está mesmo nas duas rodadas finais no Bahrein, trazendo toda a emoção e expectativa dos pilotos e suas equipes. Mick Schumacher e Callum Ilott brigam pelo título e Mick sagra-se campeão da temporada 2020.

A estreia de Jack Aitken na Fórmula 1 ganha um destaque no episódio, já que por ser piloto reserva da Williams, ele substituiu George Russell no GP de Sahkir, uma vez que George foi chamado para correr pela Mercedes no lugar de Lewis Hamilton, que ficou de fora por ter testado positivo para a Covid-19.

Yuki Tsunoda conclui a sua passagem na F2 de maneira brilhante e seu desempenho não passa despercebido ao receber o prêmio de rookie do ano.

O futuro dos pilotos é comentado com depoimentos dos mesmos e de membros de equipes da F1.

Assim como na primeira temporada, também é mostrado o destino daqueles que não conseguiram um espaço na F1.

No geral, Chasing The Dream cumpre com o seu objetivo, mesmo que alguns grandes acontecimentos e polêmicas sejam deixadas de lado e a produção não seja tão grande quanto o Drive To Survive da Netflix, a série consegue transmitir toda a atmosfera da competição e gera um bom entretenimento para qualquer fã de automobilismo.

LEIA MAIS: Fórmula 1 anuncia F1 TV Pro para o Brasil, com transmissão ao vivo
Mostrar mais

Sonia Cury

Jornalista apaixonada por esportes, principalmente, Formula 1 e NBA. Adoro ler, escrever e tenho um lado gamer retrô

Deixe uma resposta

Artigos relacionados