BMW deixa a Fórmula E, mas vai fornecer o powertrain para a Andretti na 8ª temporada

A BMW vai deixar a Fórmula E ao final da sétima temporada, mas com o powertrain já homologado, ela segue com a Andretti

A BMW Motorsport vai deixar a Fórmula E após o encerramento da temporada 2021, assim como a Audi, mas a Andretti Fórmula E permanecerá conectada a empresa alemã. No próximo ano a Andretti volta a competir como um time independente, mas vai seguir utilizando o sistema de transmissão da BMW Racing eDrive03, em seus carros.

Com o powertrain já foi homologado pela FIA, com o contrato válido a fabricante tem o dever de fornecê-lo. O BMW Racing eDrive03 forneceu melhorias se comparado ao seu antecessor, ele foi adaptado para obter uma performance melhor nos circuitos de Fórmula E. No entanto, após as duas rodadas na Arábia Saudita a BMW ficou zerada no campeonato e atualmente está ocupando a décima segunda posição. 

Segundo a BMW, está é a eficiência do novo powertrain: “O motor E atinge uma eficiência máxima de 98 por cento e sua densidade de potência é superior a 14 kW / kg. Sua velocidade de rotação máxima é de mais de 30.000 rpm. O inversor funciona com uma corrente contínua de até 900 volts e atinge uma densidade de potência de mais de 45 kW / kg. Nesta última versão, a caixa do inversor feita de carbono foi substituída por uma feita de Kevlar.”

Maximilian Guenther (DEU) BMW I Andretti Motorsports, BMW iFE.21

“Estamos muito satisfeitos por poder continuar a apoiar a Andretti Fórmula E”, disse Mike Krack, Chefe de Operações de Teste e Corrida da BMW Motorsport. “Estamos convencidos de que o BMW Racing eDrive03 permitirá que a Andretti Fórmula E alcance os melhores resultados. Trabalhando puramente como fornecedor, não estaremos mais envolvidos diretamente em eventos na pista de corrida na Temporada 8, mas forneceremos suporte à equipe em resposta a quaisquer questões técnicas relacionadas ao BMW Racing eDrive03.”

 “Como uma equipe, a BMW i Andretti Motorsport tem desfrutado de sucesso compartilhado e estamos ansiosos para desenvolver isso à medida que continuamos com a Andretti Fórmula E. O powertrain da BMW i provou ser confiável e competitivo, e estamos ansiosos para trabalhar por mais uma temporada com ele”, disse o proprietário da equipe Michael Andretti

LEIA MAIS: Após Audi, BMW também deixará a Fórmula E ao final de 2021

 “A escolha de continuar com a BMW como nosso fornecedor para a 8ª temporada foi fácil”, disse o chefe da equipe de Fórmula E da Andretti, Roger Griffiths. “Nas últimas duas temporadas, com o programa de trabalho BMW i Andretti Motorsport, obteve quatro vitórias, comprovado confiabilidade e excelente eficiência. A equipe entende bem os aspectos operacionais do BMW Racing eDrive03 e, portanto, a expectativa é que a Andretti Fórmula E possa ser altamente competitiva para a última temporada da era Gen2.”

Sair da versão mobile