ColunistaFórmula 1Post

Após prece dos fãs, F1 confirma GP da Turquia e duas etapas no Bahrein

Abu Dhabi será a pista para o encerramento da temporada 2020, como já era esperado para o traçado. Desta forma a F1 terá 17 etapas em seu calendário de 2020

A Fórmula 1 confirmou nesta terça-feira (25) a perna final do calendário e neste ano vamos ver a volta do GP da Turquia, o circuito de Istambul Park esteve no calendário da F1 de 2005 até 2011 e tem como maior vencedor, o brasileiro Felipe Massa.

A prova na Turquia será realizada entre os dias 13 a 15 de novembro, logo depois a categoria vai realizar duas provas no Bahrein e encerrar a temporada de 2020 em Abu Dhabi entre os dias 11 a 13 de novembro. Desta forma a categoria vai cumprir 17 etapas.

GP da Turquia - Foto F1
GP da Turquia – Foto reprodução F1

No comunicado para a realização do anúncio, a Fórmula 1 não confirmou a utilização do traçado alternativo, mas a possibilidade existe e já foi cogitada, o que pode dar uma dinâmica bem diferente para as disputas.

Em Silverstone para dar uma dinâmica diferente para a prova, a Pirelli optou por fornecer uma seleção de pneus diferentes.

A adição do circuito Istambul Park, marca a quinta inserção não planejada no calendário de 2020. Nesta lista temos as provas de Mugello na Itália, Nürburgring na Alemanha, Portimão em Portugal e Ímola, outra pista italiana.

No comunicado a F1 aproveitou para confirmar o cancelamento da prova na China, a categoria havia adiado até o presente momento, mas não terá como realizar a corrida em Xangai este ano.

Além disso a categoria confirma a presença de público em algumas etapas, ainda que ele seja limitado. “Podemos confirmar que uma parte das corridas na temporada de 2020 serão abertas a um número limitado de fãs, e estamos trabalhando com cada promotor para finalizar os detalhes.”

“Devido à contaminação por conta da pandemia COVID-19 , continuamos a manter um diálogo estreito com todos os promotores e autoridades locais para garantir que operamos da forma mais segura possível e monitoramos de perto cada situação nacional – incluindo restrições de viagens e procedimentos de saúde locais.”

Chase Carey, presidente e CEO da Fórmula 1, acrescentou: “Estamos orgulhosos em anunciar que a Turquia, Bahrein e Abu Dhabi farão parte da nossa temporada de 2020.”

 

Mostrar mais

Debora Almeida

Meus olhos brilharam quando eu vi o estilo de pilotagem do Vettel ele despertou o meu interesse pelo esporte e cada vez mais eu queria entender sobre o assunto. Hoje gosto de tirar fotos e escrever textos!

Deixe uma resposta

Artigos relacionados